Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Quem é a brasileira entre as 100 mulheres mais poderosas do mundo

Ranking da Forbes traz também nomes como Kamala Harris, Jacinda Ardern e Beyoncé

Por Da Redação 9 dez 2020, 17h40

A revista Forbes divulgou nesta terça-feira (8) sua lista com as 100 mulheres mais poderosas do mundo e, pelo segundo ano consecutivo, Andrea Marques de Almeida, diretora executiva de Finanças e Relacionamento com Investidores da Petrobrás, marcou presença, ficando em 77º lugar. Ela também já havia sido a única brasileira no ranking do ano passado, quando ocupou a 49º posição.

Formada em engenharia de produção e pós-graduada em finanças e gestão, Andrea trabalhou por 25 anos na Vale, onde começou como trainee. Desde março de 2019, porém, ela passou a integrar a gestão da Petrobrás, eleita pelo Conselho de Administração da estatal.

No novo posto, a executiva quer colaborar para tornar a empresa mais competitiva, reduzir a dívida e se aperfeiçoar no mercado de óleo e gás, ficando pronta para competir com custo de capital menor.

“Além de a agenda ser muito positiva, queremos construí-la com transparência e credibilidade para o investidor”, declarou Andrea, segundo informações da Agência Brasil. “Queremos ser realistas e entregar tudo que prometemos. É muito legal fazer parte dessa transformação que está acontecendo na empresa.”

Da rainha Elizabeth a rainha Beyoncé

Composta por chefes de Estado, CEOs e celebridades, a lista elenca mulheres de 30 países e quatro gerações, mas que estão “unidas pelas maneiras com que estão usando suas plataformas para enfrentar os desafios únicos de 2020”.

Entre as eleitas, estão nomes como Beyoncé (72º lugar), Rainha Elizabeth (46º), Jacinda Ardern (32º), Oprah Winfrey (20º) e Kamala Harris (3º). Pelo décimo ano consecutivo, o primeiro lugar foi ocupado pela chanceler alemã Angela Merkel.

  • O que é mieloma múltiplo e como tratá-lo

    Continua após a publicidade
    Publicidade