Sucesso nos anos 1980, o permanente no cabelo está de volta

Muito antes da escova progressiva, as mulheres usavam produtos químicos para cachear os fios – e técnica agora volta com tudo!

Tente se lembrar das atrizes Olivia Newton John e Julia Roberts na juventude. Provavelmente, a imagem que vez a sua cabeça é delas com os cabelos bem volumosos, correto? Assim como muitas mulheres da década de 1980, elas eram adeptas do permanente no cabelo – técnica que cacheia os fios por um período de pouco mais de dois meses.

Veja também: O corte de cabelo sucesso nos anos 1980 está de volta

 (Getty Images/Divulgação)

Depois de o liso perfeito dominar os anos 2000 e das ondas de surfista se destacarem a partir de 2010, agora os cachos volumosos voltaram com tudo e, com eles, a busca por permanente nos salões. No entanto, com uma pequena mudança em relação ao passado: antes o volume extra era valorizado, com ajuda de muito spray e escovação para trás. Agora, o permanente volta em uma versão mais suave, conta o badalado cabeleireiro norte-americano George Papanikola à InStyle.

Veja também: Veja como estão 6 atrizes que fizeram sucesso nos anos 1980

“Existem técnicas modernas, onde a metade superior dos cabelos pode ser mais reta, com a curva começando no comprimento médio. A outra grande mudança é usar uma haste maior no processo para criar uma flexão solta e macia no cabelo. Também vimos uma grande mudança das ondas ultra estilizadas para uma textura mais seca do ar natural”, diz o especialista.

As hastes de permanente são conhecidas no Brasil como “bigudinhos”. Como conta George, atualmente as mulheres estão optando por bigudinhos mais grossos para criar ondas mais naturais. O cabelo em corte repicado também contribui para o efeito volumoso nos fios.

Assim como a escova progressiva, o permanente utiliza-se de produtos químicos para causar o efeito duradouro na mudança da estrutura do cabelo.

Taryn had 6” chopped off to revive her perm! 🤗💕 Cut + style by Jocelyn.

A post shared by POMPANDPROPER (@pompandproper) on

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s