Veja como estão 6 atrizes que fizeram sucesso nos anos 1980

Todo mundo sente essas transformações na pele, até mesmo os grandes nomes do cinema de 30 anos atrás. Ou vai me dizer que você acredita que a Lori Singer, do sucesso de bilheteria "Footloose – Ritmo Quente" está com aquele mesmo rostinho?

As marcas deixadas com o passar dos anos são irrefutáveis, só que a percepção do envelhecimento pode variar de uma pessoa para a outra, tanto é que a maioria de nós apenas nos damos conta quando observamos que não somos as únicas. 

Veja também: 5 transformações de beleza do cinema para você relembrar. 

Pode parecer óbvio, mas todo mundo sente essas transformações na pele (literalmente), até mesmo os grandes nomes do cinema da década de 80. Ou vai me dizer que você acredita que a Kelly McGillis, do sucesso de bilheteria “Top Gun” está do mesmo jeito?

Por isso comparamos o antes e o depois de 6 atrizes ilustres para que, depois de um longo suspiro, você pense em como o tempo passou: 

1. Kelly McGillis: “Top Gun – Ases Indomáveis”

Getty Images Getty Images

Getty Images (/)

Kelly Ann McGillis nasceu em 1957 e logo se tornou um ícone do cinema americano da década de 80. Muita gente a conhece por sua brilhante atuação como Charlie, par romântico do arrojado piloto de caça da Marinha dos Estados Unidos, interpretado por Tom Cruise, no sucesso de bilheteria “Top Gun – Ases Indomáveis”, de 1986. 

Sua estreia nas telonas foi marcada pelo filme “A Testemunha”, ao lado de Harrison Ford, na pele do detetive John Book, em, 1985; e a rendeu duas indicações na categoria de melhor atriz coadjuvante, no Globo de Ouro e na Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão (BAFTA). 

No ano de 1988, Kelly encarnou a corajosa promotora Kathryn Murphy, no longa “Os Acusados”, um dos papéis mais significativos na sua carreira. Hoje, aos 59 anos, a atriz continua atuando e divide seu tempo com as funções de mãe e avó coruja.  

2. Lori Singer: “Footloose – Ritmo Quente”

Divulgação/Alberto E. Rodriguez/Getty Images Divulgação/Alberto E. Rodriguez/Getty Images

Divulgação/Alberto E. Rodriguez/Getty Images (/)

Nascida em 1957, Lori Singer é dona da beleza incontestável da personagem Ariel Moore, do clássico de 1984 “Footloose – Ritmo Quente”, e fez par romântico com Kevin Bacon, que encarnou o apaixonado por música Ren McCormick. A atriz texana também ficou conhecida pela sua atuação impecável na série vencedora do Globo de Ouro, “Fame”, que foi ao ar durante os anos de 1982 e 1983.

Depois de um hiato frente às câmeras, Lori retornou com uma participação no seriado policial ambientado na cidade de Nova York, “Law & Order: Special Victims Unit”. Recentemente, desempenhou o cargo de produtora do documentário “Minha Máxima Culpa: Silêncio na Casa de Deus”, sobre a investigação dos crimes cometidos pelo Padre Murphy, que violentou sexualmente mais de 200 garotos surdos em uma escola americana – conhecido como um dos mais graves casos de pedofilia da história da Igreja Católica nos Estados Unidos. 

3. Linda Hamilton: “O Exterminador do Futuro”

Divulgação/WikiMedia/Luigi Novi Divulgação/WikiMedia/Luigi Novi

Divulgação/WikiMedia/Luigi Novi (/)

Nascida no ano de 1956, Linda Carrol Hamilton é a atriz americana conhecida por ter estrelado o famoso papel de Sarah Connor na saga “O Exterminador do Futuro”. Ela também é aclamada pelo público por ter dado vida à respeitada promotora pública, Catherine Chandler, na série de ficção científica “Beauty and the Beast”, que foi ao ar nas telinhas americanas entre os anos de 1987 a 1990, e acabou ganhando dois Globos de Ouro e um Emmy pela sua brilhante atuação. 

A popularidade do seriado foi tanta que rendeu um remake pelo canal televisivo americano The CW, lançado no ano de 2012. Linda também é mãe de dois filhos e continua atuando, uma de suas mais notáveis aparições na tevê ocorreu no programa “Chuck and Defiance”. 

4. Jennifer Connelly: “Labirinto – A Magia do Tempo”

Divulgação/WikiMedia/Olivier Strecker Divulgação/WikiMedia/Olivier Strecker

Divulgação/WikiMedia/Olivier Strecker (/)

Nascida nos anos de 1970, Jennifer Lynn Connelly era uma famosa modelo mirim que acabou estreando nas telonas no ano de 1984, interpretando a versão mais jovem da personagem Deborah Gelly, no filme “Era Uma Vez na América”.  Mas foi com a icônica Sarah Williams, sua personagem no longa “Labirinto – A Magia do Tempo”, de 1986, que a atriz se consagrou à frente das câmeras.

No ano de 2001, Jennifer levou um Oscar, um Globo de Ouro e um BAFTA de melhor atriz coadjuvante, pela sua personagem Alicia Nash, no filme “Uma Mente Brilhante”. Atualmente, ela continua atuando mas divide seus papéis com a função de Embaixadora da Anistia Internacional pelo Direito à Educação. A atriz também foi eleita inúmeras vezes a mulher mais bonita do mundo por vários periódicos ao redor do mundo. 

5. Mia Sara: “Curtindo a Vida Adoidado”

Divulgação/Getty Images Divulgação/Getty Images

Divulgação/Getty Images (/)

Nascida no ano de 1967, Mia Sara se tornou estrela de um dos maiores clássicos da década de 80. Como esquecer da lindíssima Sloane Peterson, namorada de Ferris, em “Curtindo a Vida Adoidado”, de 1986?

Outro papel que a consagrou nas telonas foi o da esposa do inescrupuloso senador Aaron McComb, interpretado por Ron Silver, no longa “Timecop”, de 1994, considerado o maior sucesso de Jean-Claude Van Damme. Tanto é que Mia acabou levando o Prêmio Saturno pela sua atuação impecável. Atualmente, a atriz continua na função frente às câmeras e é casada com Brian Henson, o filho mais velho de Jim Henson, criador dos “Muppets”. 

6. Molly Ringwald: “Clube dos Cinco”

Divulgação/Getty Images Divulgação/Getty Images

Divulgação/Getty Images (/)

Nascida em 1968, Molly Kathleen Ringwald é facilmente um dos rostinhos mais conhecidos dos anos 1980. A atriz californiana interpretou Claire Standish, no clássico “Clube dos Cinco”, de 1985, uma das cinco jovens que ficou detida no sábado na escola por ter apresentado um mau comportamento. 

Molly também marcou presença em “A Garota de Rosa Shocking”, de 1986, outro longa assinado pelo diretor John Hughes, assegurando que suas madeixas ruivas jamais sairiam do imaginário feminino da época. Ela também participou da série televisiva “The Secret Life of the American Teenager”, que foi ao ar nas telinhas durante os anos de 2008 a 2013. Atualmente, Molly é casada e mãe de três filhos.