Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês
Tá em Alta Por REDES SOCIAIS Tudo o que está bombando nas redes sociais! Relatos engraçados, histórias bizarras, memes inteligentes e notícias que estão repercutindo muito, de cultura à política.

Os famosos que se posicionaram contra as queimadas na Amazônia

Nesta semana, as redes estão cheias de protestos contra a devastação da Floresta Amazônica e a repercussão do problema ambiental já se tornou internacional

Por Da Redação - Atualizado em 7 set 2019, 13h08 - Publicado em 7 set 2019, 09h30

Esta semana o Brasil e o mundo estão em alerta para o aumento das queimadas que estão devastando um grande território da Floresta Amazônica – o número de focos de queimadas cresceu 70% neste ano.

Na segunda-feira (19), nuvens de fumaça escura provenientes dos incêndios florestais dominaram o céu da capital de São Paulo, fazendo o dia virar noite, às 15h, servindo como um alerta. Em seguida, imagens da devastação da Amazônia chocaram a população do mundo inteiro, fazendo com que várias pessoas passassem a usar as redes para protestar contra as queimadas. A hashtag #PrayForAmazonia ainda está nos Trending Topics do Twitter.

Algumas celebridades nacionais e internacionais se posicionaram sobre o assunto, compartilhando imagens e textos em protesto contra as queimadas na Amazônia. Confira alguns:

Gisele Bündchen

Elza Soares

Bruna Marquezine

View this post on Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Nós somos a ÚLTIMA geração que pode salvar a floresta Amazônica, o PULMÃO DO MUNDO. Assine a petição. (Link na bio) 🌎🌍🌏 Yes. THIS IS HAPPENING NOW. We are the very last generation to save the Amazon rainforest, the lungs of the world. Sign the petition. (Link in bio) @greenpeace

A post shared by Bruna Marquezine ♡ (@brunamarquezine) on

Camila Queiroz

View this post on Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Meu coração chora. Chora pela natureza sendo covardemente e friamente devastada. Chora pelos índios Chora pelos animais que estão com medo, machucados e mortos Chora por medo de não conseguirmos mais reverter a situação Chora por nós seres humanos gananciosos que colocamos o EU e o DINHEIRO acima de tudo. É política, é educação, é cultura. Ajudem a cuidar da nossa casa, pelo amor de Deus! Diminua o uso do plástico, recicle teu lixo, qualquer coisa. Um gesto mínimo seu se torna grandioso. Mais do que NUNCA é hora de nos unirmos pelo nosso planeta, pelo nosso meio ambiente, pela nossa casa! #prayforamazonia

A post shared by Camila Queiroz (@camilaqueiroz) on

Bruno Gagliasso

Stories de Bruno Gagliasso protestando contra as queimadas na Amazônia
Stories de Bruno Gagliasso protestando contra as queimadas na Amazônia Instagram/Reprodução

Giovanna Ewbank

View this post on Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Diante das notícias sobre as queimadas e desmatamento da Amazônia, eu apenas não consigo acreditar no que está acontecendo! Que tristeza profunda…O ser humano está arruinando o seu próprio lar, destruindo outras espécies e não consegue entender que tudo isso destrói a nós mesmos??? Somos um todo, fazemos parte da NATUREZA, NÓS SOMOS A NATUREZA! O nosso maior desafio nos dias de hoje, é salvar o planeta da destruição. E isso exige mudanças no relacionamento dos seres humanos com a natureza! Não podemos destruir oq nos resta…precisamos cuidar e plantar vidas na terra antes que a Terra não tenha vida que plante! Dinheiro não compra nosso ar, dinheiro nao compra vida! VAMOS ACORDAR!!! 😢

A post shared by Giovanna Ewbank (@gioewbank) on

Marina Ruy Barbosa

Story de Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa compartilhou esta publicação nos Stories, do Instagram Instagram/Reprodução

Leonardo DiCaprio

View this post on Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

#Regram #RG @rainforestalliance: The lungs of the Earth are in flames. 🔥 The Brazilian Amazon—home to 1 million Indigenous people and 3 million species—has been burning for more than two weeks straight. There have been 74,000 fires in the Brazilian Amazon since the beginning of this year—a staggering 84% increase over the same period last year (National Institute for Space Research, Brazil). Scientists and conservationists attribute the accelerating deforestation to President Jair Bolsonaro, who issued an open invitation to loggers and farmers to clear the land after taking office in January.⁣ ⁣ The largest rainforest in the world is a critical piece of the global climate solution. Without the Amazon, we cannot keep the Earth’s warming in check. ⁣ ⁣ The Amazon needs more than our prayers. So what can YOU do?⁣ ⁣ ✔ As an emergency response, donate to frontline Amazon groups working to defend the forest. ⁣ ✔ Consider becoming a regular supporter of the Rainforest Alliance’s community forestry initiatives across the world’s most vulnerable tropical forests, including the Amazon; this approach is by far the most effective defense against deforestation and natural forest fires, but it requires deep, long-term collaboration between the communities and the public and private sectors. ✔ Stay on top of this story and keep sharing posts, tagging news agencies and influencers. ⁣ ✔ Be a conscious consumer, taking care to support companies committed to responsible supply chains.⁣ Eliminate or reduce consumption of beef; cattle ranching is one of the primary drivers of Amazon deforestation. ✔ When election time comes, VOTE for leaders who understand the urgency of our climate crisis and are willing to take bold action—including strong governance and forward-thinking policy.⁣ ⁣ #RainforestAlliance #SaveTheAmazon #PrayForAmazonia #AmazonRainforest #ActOnClimate #ForestsResist #ClimateCrisis 📸: @mohsinkazmitakespictures / Windy.com

A post shared by Leonardo DiCaprio (@leonardodicaprio) on

P!NK

View this post on Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

#Repost @churchboutique ・・・ Repost from @miguel using @RepostRegramApp – Don’t pray for Brazil or the Amazon. Pray for yourself . The amazon provides 20% of our oxygen every year and it’s been burning at a record rate right now and for the past 18/19 days. This is a WORLD issue and emergency and effects all of our security. Please post and tag @unitednations .

A post shared by P!NK (@pink) on

Camila Cabello

View this post on Instagram

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

this is heartbreaking and terrifying 💔💔💔 ‪This makes me want to cry with frustration. what are we DOING? We’re literally destroying our miracle of a home 😭😭😭 I’m so sorry, earth 💔💔💔‬#AmazonRainforest #Repost @leonardodicaprio with @get_repost ・・・ #Regram #RG @IamNickRose: Terrifying to think that the Amazon is the largest rain forest on the planet, creating 20% of the earth’s oxygen, basically the lungs of the world, has been on fire and burning for the last 16 days running, with literally NO media coverage whatsoever! Why?

A post shared by camila (@camila_cabello) on

Ariana Grande

Ariana Grande
Ariana Grande compartilhou em seus Stories duas publicações sobre as queimadas e sobre a escuridão em São Paulo Instagram/Reprodução

Repercussão internacional

Não só as celebridades estão protestando sobre as queimadas na Amazônia, mas também a mídia internacional vem fazendo críticas ao desmatamento da floresta.

Continua após a publicidade

A CNN, por exemplo, noticiou o recorde de desmatamento atingido neste ano: o número de queimadas na Amazônia cresceu 80% em relação ao ano passado. Sua publicação no Facebook atingiu mais de 22 mil curtidas e 13 mil compartilhamentos.

O The New York Times também repercutiu a notícia, citando que os incêndios são causados pelos fazendeiros que querem ocupar as terras.

Já o The Guardian focou sua matéria nas acusações que o presidente Jair Bolsonaro fez contra as ONGs, alegando que são as verdadeiras responsáveis pelos incêndios, apesar de não ter provas que evidenciam isso.

Além desses, o francês Le Monde, o jornal econômico The Wall Street Journal, o The Telegraph, a Rolling Stone, o The Washington Post, a Fox News, o El País (da Espanha), entre outros, também repercutiram os incêndios, ressaltando a “Amazônia em chamas” e criticando, em sua maioria, a postura do presidente da República.

Leia também: ‘Chuva escura’ assusta paulistana no dia em que o céu escureceu na cidade

+ Adolescente ataca alunos de escola com machadinha no Rio Grande do Sul

PODCAST De onde tirar forças para enfrentar a dor

Publicidade