Cachorrinha anda 200km para procurar donos que a rejeitaram

Maru foi encontrada com as patas e o focinho quebrados devido à longa caminhada

Alla Morozova, uma proprietária de um canil em Novosibirsk, na Sibéria, Rússia, vendeu uma cachorrinha de 5 meses chamada Maru para um casal de Krasnoyasrk, também na Sibéria. As cidades ficam aproximadamente 600 km de distância. Seis meses depois da compra, o casal ligou para o canil dizendo que queria devolver Maru, porque ela “era muito alérgica”.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

“Eu nunca desisto dos meus cães. Quando eu vendo algum, estipulo com os donos que eles devem me informar se não quiserem mais o animal. Por isso, combinamos que Maru voltaria para o canil”, explicou Alla.

O casal decidiu que mandaria a cadela para Novosibirsk de trem, acompanhada por um responsável. De acordo com o jornal The Siberian Times, depois de algumas horas de viagem, o trem fez uma parada e Maru acabou fugindo. Os donos foram avisados do ocorrido, mas se recusaram a ir procurá-la. “Isso me enfureceu. Eles não estavam nada preocupados”, contou a dona do canil.

Depois de mais de dois dias de buscas, Maru foi encontrada chorando, com o focinho e as patas quebradas, em uma área industrial de Krasnoyasrk, cidade onde vivia antes de ser abandonada. Ela percorreu mais de 200 km sozinha.

 (The Siberian Times/Reprodução)

Supõe-se que ela tenha usado seu senso de direção para encontrar seus antigos donos. A raça de Maru, Mastim inglês, é conhecida por ser “guardiã da família”, o que pode justificar sua atitude.

Alla resgatou Maru e agora ela está em tratamento no canil. “Ela não foi para Novosibirsk, mas sim para onde vivia. É surpreendente que tenha seguido o caminho certo, porque geograficamente não tinha pontos de referência. Na cidade onde vivia costumava andar apenas pelo quintal”, contou Alla.

 (The Siberian Times/Reprodução)

Leia mais: Como acabar com o comportamento agressivo do seu gato

+ Convidado inusitado? Urso invade cerimônia de casamento nos EUA

PODCAST – Como ter mais orgasmos: o caminho para uma vida sexual satisfatória