Sexo Anal: dicas pra você que quer experimentar

Mas lembre-se que você não é obrigada a nada se não estiver se sentindo completamente confortável

O tema de hoje gera sempre muitas dúvidas, mas antes de eu partir para as dicas, quero te lembrar duas coisas: primeiro, esta região não foi feita para a penetração, logo você precisa saber que sim, certamente você vai sentir um desconforto e até dor, ao mesmo passo que também pode te trazer muito prazer.

E o segundo ponto e o mais importante é que as dicas são destinadas a quem QUER viver essa experiência, você não é obrigada a nada. Se seu parceiro quer e você não, isso precisa ser respeitado. Sempre dou a dica de que devemos experimentar tudo que der vontade na cama, mas não se deve repetir se é algo que te desagrada. Ok?!

Dito isso, vamos às dicas!

Conversar: Não adianta querer ir direto ao ponto, principalmente quando a mulher não está acostumada ou nunca praticou o sexo anal, mas nessa situação o diálogo é mais do que necessário. Se você decidir seguir em frente com a ideia, vale, durante as conversas, definir alguns limites, de forma que você se sinta segura e possa pedir para parar quando quiser. Nesse sentido, é legal combinar “palavras de segurança” que possam significar para parar, continuar, ir mais devagar, etc.

Explore o seu corpo: Essa dica de sexo anal é para aquelas mulheres que nunca praticaram, mas que têm interesse em experimentar. Eu sempre levanto a bandeira da masturbação para conhecer o próprio corpo, saber como ele funciona, de que jeito sente prazer… E não seria diferente quando o assunto é o sexo anal.

Lubrificação, sempre: Como disse, fisiologicamente o ânus não foi feito para a penetração. Por isso, minha amiga, pode até parecer que não, mas sexo anal rima com lubrificação. E, vai por mim: no começo, somente a lubrificação da camisinha não é o suficiente para proporcionar o conforto. Isso mesmo: camisinha, sim! Nenhum sexo deve ser praticado sem o uso do preservativo, e o anal, por razões óbvias, muito menos! Por isso, aposte nos lubrificantes, preferencialmente à base de água, para poder ter uma noite incrível de descobertas.

Não comece pelo sexo anal: Essa é uma dica que vale ouro. Apesar de ser uma prática que pode, sim, ser prazerosa, ela precisa de todo um preparo para que a penetração ocorra sem dor ou desconfortos. E, para isso, começar a transa com o sexo anal pode não ser uma boa estratégia, porque a tensão faz com que os músculos fiquem contraídos – e você pode imaginar que isso não combina com sexo anal, certo? Por isso, tente quando você já estiver excitada e relaxada, dessa forma, tudo vai fluir mais naturalmente.

Vai embora não! Aproveita e passa pra conhecer o meu canal  no Youtube, somos o maior canal de sexualidade e relacionamentos do mundo e tem MUITO conteúdo gratuito pra você aprender e se desenvolver.

Leia mais: Descubra as melhores posições para favorecer o parceiro com pênis pequeno

PODCAST – Está na hora de pedir aumento de salário?

 

%d blogueiros gostam disto: