Como prevenir o envelhecimento do cabelo

Segunda a especialista, alimentação inadequada com pouca ingestão de proteínas e vitaminas favorece a formação de fios mais finos e fracos

Com o passar do tempo os cabelos ficam brancos, mas, mesmo assim, não imaginamos que eles estão envelhecendo e morrendo. O cabelo tem um comportamento cíclico, isto é, caindo e voltando de maneira contínua. Por isso, entendemos que o cabelo é sempre novo e forte. No entanto, hoje sabemos que, ao longo da vida, o couro cabeludo e o folículo piloso são agredidos, tendo menos condição de produzir um fio normal. Portanto, os cabelos ficam mais finos e mais porosos.

Os agressores mais importantes são: sol, poluição, químicas capilares, alterações de temperatura. Bem como doenças, remédios e estresse. Além disso, devemos também realçar que a alimentação inadequada com pouca ingestão de proteínas e vitaminas favorece a formação de fios mais finos e fracos.

Confira 4 dicas para prevenir o envelhecimento capilar: 

  1. Ingestão de dieta com proteínas e vitaminas; realçar que o silício, a biotina são importantes para estrutura e espessura do fio; vitaminas do complexo B e aquelas antioxidantes também contribuem com a saúde capilar;
  2. Usar probióticos que ajudam no equilíbrio da microbiota local e protegem o couro cabeludo das dermatites inflamatórias;
  3. Usar produtos capilares com filtro solar todos os dias, para proteger a raiz;
  4. Usar loções capilares antioxidantes com adenosina, melatonina, vitamina E, que são antioxidantes e prolongam a fase de crescimento do folículo.

Evite: 

Suplementos com proteína do leite como “Whey Protein” e hormônios a base de testosterona podem deixar o cabelo mais oleoso e facilitar dermatites e queda de cabelo.

Tratamentos para reverter o envelhecimento capilar

Para prevenir a queda e o envelhecimento podem ser feitas sessões mensais de Microinfusão vibratória de Medicamentos na Pele (MVMP) com minoxidil, finasterida, vitaminas antioxidantes e fatores de crescimento. Esse tratamento preventivo tem três ações terapêuticas.

1-A ação da medicação específica que chega diretamente na raiz do folículo piloso

2-A picada na pele que gera vasodilatação, oxigenação e melhoria da nutrição capilar.

3-A gotícula de sangue que chega na superfície do couro cabeludo traz fatores de crescimento naturais que também melhoram a condição capilar.

O importante é começar a pensar no cabelo como pensamos na pele e iniciar os cuidados preventivos o mais cedo possível.

Cuide do seu cabelo.

Leia também: Os motivos pelos quais usar filtro solar é essencial para a saúde da pele

Acne: como combater o problema em mulheres adultas

Siga CLAUDIA no Instagram.