Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Como evitar ressecamento, rachaduras e fissuras nos lábios

Cuidados simples ajudam a evitar problemas nos lábios durante os dias secos

Por Naiara Taborda
10 ago 2022, 08h54

Ressecamento, rachaduras e fissuras nos lábios são problemas bastante comuns, sobretudo quando o tempo está frio e seco. E, vamos falar a verdade, além de desconfortável, também atrapalha muito até na hora de se maquiar, não é? A boa notícia é que com alguns passos e cuidados simples, é possível deixar o problema para trás!

Antes de tudo, é válido saber que, apesar de ocorrer mais no inverno, o problema não é exclusivo desta época do ano. “Tanto o frio quando a exposição solar no calor podem causar queimaduras, mas elas são diferentes. Quanto maior é a área de exposição dos lábios (lábios carnudos), maior a tendência aos lábios ficarem ressecados. A queimadura causada pelo sol muda a estrutura celular; o lábio também começa a ficar mais ressecado, descamativo, com surgimento de fissuras e rachaduras. Já o frio causa um tipo de queimadura que é por desidratação. Nos períodos de baixa temperatura, há uma diminuição da produção natural das glândulas que lubrificam a região, então existe um maior ressecamento porque a pele fica realmente menos hidratada e lubrificada, com a área mais atrófica. A regeneração deve ser feita da mesma maneira”, afirma a dermatologista Mônica Aribi, sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro Internacional da European Academy of Dermatology and Venerology e Coordenadora do Setor de Cosmiatria do Hospital Ipiranga.

A médica explica que essa região, por ser delicada e fina, também sofre influência de outros fatores: “Além de usarmos muito movimento da musculatura, a mucosa oral entra em contato com alimentos, bebidas, saliva e cosmético, principalmente batons que nem sempre têm pigmentos naturais e contêm conservantes alergênicos. Então é um local que devemos, sim, tratar com muito cuidado, com produtos específicos.”

Hidratação frequente: a chave para o sucesso!

Segundo a dermatologista, por prevenção, o recomendado é fazer uma hidratação constante e frequente com formulações ricas em vitaminas e antioxidantes, especialmente nos meses mais frios do ano. “Os produtos específicos para hidratação local também podem conter filtros solares para evitar que haja danos pela exposição ao sol”, enfatiza.

O hidratante labial pode ser usado de duas a três vezes ao dia, e você ainda tem a opção de escolher batons com rotulagem hipoalergênica, que vão te ajudar a reduzir o problema.

Continua após a publicidade

Uma forcinha da esfoliação

A esfoliação, quando feita de maneira suave e com produtos apropriados, também é uma boa pedida, mas nada de excessos, ok? “Ela é sempre bem-vinda, mas principalmente em indivíduos que têm exposição maior e o hábito de fumar ou tomar bebidas alcóolicas com frequência (álcool e fumo aumentam o ressecamento). O ideal seria esfoliar uma vez ao mês, mesmo que de forma caseira”, aconselha.

lábios
Puxar a pele e passar muito a língua nos lábios piora o ressecamento. (Shiny Diamond/Pexels)

Abandone os hábitos considerados vilões

Além de hidratar bem a sua pele e beber bastante água, é importante evitar passar a língua na região dos lábios, o que provoca uma diminuição do pH, já que a saliva tem pH ácido e piora ainda mais o ressecamento. “Há aquela sensação imediata de umedecimento da região, mas logo depois, acontece a formação de microfissuras, de ardência e vermelhidão local.”

Está descamando e deu aquela vontade de puxar a pele? É melhor segurar! “Quando houver persistência do ressecamento, apesar de todos os cuidados recomendados, o ideal é procurar um dermatologista para avaliação clínica mais especifica para descartar outros diagnósticos diferenciais e buscar formas de tratamento mais assertivas para o caso em questão”, alerta.

Continua após a publicidade

No consultório

Além dos produtinhos diários e da esfoliação, a médica reforça que existem tratamentos labiais que melhoram a qualidade da pele na região utilizando tecnologias de sucção à vácuo. “Eles conferem lábios hidratados, revitalizados e levemente volumizados. Por meio da tecnologia roller-flex, de sucção à vácuo, esse tipo de tratamento faz uma limpeza e esfoliação suave, enquanto deposita na pele da região um poderoso sérum nutritivo e hidratante, que, após o tratamento, é levado pelo paciente para ser aplicado em casa”, afirma a dermatologista.

“O Sérum utilizado traz ingredientes como o óleo de hortelã-pimenta, que possui ação anti-inflamatória e antioxidante, e os extratos de peônia, que hidrata e acelera a renovação da pele, e aloe vera, que é rico em Vitamina E e C, assim atuando como antioxidante e calmante” finaliza.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.