Redução de mamilos e aréolas é a mais nova tendência de cirurgia

A labioplastia não está mais sozinha quando o assunto é cirurgia plástica íntima.

Quanto mais cresce a vontade de encontrar um corpo “perfeito”, maior é o campo de atuação das cirurgias plásticas. E, se você pensou que os procedimentos na região dos seios tinha parado na aplicação de silicone, está bem enganado.

Segundo o Huffington Post australiano, os cirurgiões já notaram um crescimento de 30% na procura pela diminuição de mamilos e aréolas ao redor do mundo e, de acordo com um estudo feito pelo coletivo britânico The Plastic Surgery Group, esse desejo é ainda mais recorrente do que se imagina.

A pesquisa, respondida por 131 pessoas no Reino Unido, consistiu em um questionário no qual os participantes precisavam dar notas de um a cinco (em ordem de atratividade) para imagens de aréolas e mamilos e indicar se o diâmetro era “muito grande”, “muito pequeno” ou “perfeito”.

Leia mais: Em tempos de “nudes”, mulheres procuram as cirurgias íntimas para recuperarem a autoestima

O resultado mostrou que, se o conjunto mamilo-aréola ocupasse mais de 50% da área dos seios, cerca de 92% dos participantes considerariam ele muito grande. Por outro lado, se ele cobrisse menos de 15% da área dos seios, 78% dos entrevistados o considerariam muito pequeno. Para ocupar a categoria da perfeição, ele precisaria ocupar de 25% a 30% do seio.

Matthew Schulman, cirurgião plástico de Nova York, afirmou ao portal Allure que o desejo por ter aréolas e mamilos menores sempre existiu, mas que, agora, as pessoas descobriram que há como tornar isso uma realidade.

Já vi um crescimento de 25% desse procedimento desde ano passado“, comentou. “Aréolas e mamilos maiores fazem os seios parecerem mais velhos, ao passo que, quando menores e simétricos, podem melhorar a aparência dos seios”, continuou Schulman.

Outro cirurgião americano, Darren Smith, acredita que a vontade de diminuir essas partes do corpo continuará a crescer. “Deixando de lado a parte estética, acredito que procedimentos mais avançados nos seios estão se tornando mais interessantes e, por ser uma intervenção mais refinada, a diminuição de mamilos e aréolas pode continuar ganhando popularidade“, contou ele ao Allure.

Leia mais: 4 perguntas que você deve fazer antes de realizar uma cirurgia plástica

Como funciona

Antes de realizar a cirurgia, é preciso fazer alguns exames (como de coagulação) para saber se você se qualifica para tal procedimento – que, segundo afirmou o cirurgião plástico Yannis Alexandrides ao The Guardian, é relativamente simples e pode ser feito apenas com anestesia local.

Depois de aprovada, a cirurgia consiste basicamente na remoção de pele em torno da aréola e, com relação aos mamilos, da determinação de qual dimensão (altura ou largura) será diminuída.