Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Dicas para eliminar as espinhas em todas as idades

Basta ter um compromisso importante na agenda que elas aparecem. E o pior é que insistem em surgir até em mulheres que estão longe da adolescência.

Por Júlia Tibério Atualizado em 21 jan 2020, 14h26 - Publicado em 21 fev 2016, 08h00

20 anos

Se quiser evitar o aparecimento das espinhas, comece cortando alimentos com muito açúcar ou gordura de sua dieta. No quesito cosmético, fuja dos produtos com óleo e adote o hábito de usar tônico adstringente após lavar o rosto. “Também tome cuidado ao usar condicionador de cabelo, que pode escorrer para a testa e piorar o problema”, explica Silvia de Mello, dermatologista do Rio de Janeiro. Se ainda assim uma espinha surgir, faça uso de fórmulas secativas.

 

30 anos

“Normalmente, aos 30 anos os hormônios da adolescência já estão regulados, então, o ideal é usar produtos que contenham ativos para tratar a acne e também ajudem a melhorar o aspecto da tez como um todo. Os ácidos retinoico e glicólico são boas opções”, afirma Silvia. Também é indicado dar preferência às texturas em gel-creme e esfoliar o rosto uma vez por semana. Para não agredir, evite sabonetes muito abrasivos e faça uso de tônicos suaves.

 

40 anos

“Quando a pele se torna mais madura, as melhores opções para tratar espinhas e cravos são os produtos com textura em creme oil free”, explica a dermatologista Karla Assed, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. Como nessa idade as espinhas aparecem com menos frequência, a dica é optar por um tratamento contínuo, que ajude a fechar os poros e diminuir a oleosidade da pele, e sempre usar um hidratante leve.

 

50 anos ou mais

Nessa fase da vida, a acne pode estar associada a outra doença, a rosácea. Por isso, se você estiver sofrendo com espinhas, melhor procurar um médico. De qualquer modo, mesmo que esteja com acne, você não deve abrir mão de ativos hidratantes, pois após os 50 a pele tende a ficar mais seca. Nesse caso, melhor escolher os séruns, que hidratam sem pesar. “Eles também vão segurar a água nas células e evitar que elas se encham de óleo, o causador das espinhas”, indica Silvia.

 

Continua após a publicidade
Publicidade