Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Chega de regras: essas modelos estão desafiando padrões de beleza

Os padrões de beleza estão acabando (finalmente!). Aqui, provamos que o preconceito não tem espaço

Por Anna Laura Moura - Atualizado em 12 set 2017, 14h19 - Publicado em 11 set 2017, 18h03

Os padrões de beleza são cada vez mais desafiados. Ainda bem! Sempre observamos modelos com os mais variados tipos de corpo, de cabelo, cores de pele e, é claro, personalidade. Mesmo que a passos lentos, a diversidade está se apropriando de seu merecido espaço.

Conheça seis modelos incríveis que representam muito bem essa pluralidade:

Jillian Mercado

Washington Post/Reprodução

Modelo e blogueira novaiorquina Jillian Mercado, 29 anos, possui distrofia muscular e, por isso, é cadeirante. Ela é um dos nomes que espera expandir os conceitos de beleza enraizados na sociedade. 

Continua após a publicidade

No ano passado, chegou a ser contratada por Beyoncé para estrelar a campanha de sua linha de roupas. Além disso, já fotografou para para grandes marcas, como Nordstroom e Diesel.

Leia mais: Cada vez mais insatisfeitas, mulheres lutam contra padrões de beleza

Diandra Forrest

Hypeness/Reprodução

Diandra Forrest, 47 anos, é uma modelo albina. Nascida em Nova York, sofreu muito preconceito pelos traços e cor da pele, pois muitas pessoas achavam sua condição um tanto “curiosa”.

Continua após a publicidade

Após estrelar em fotos para  MACVivienne Westwood e Jean Paul Gaultier, é um símbolos de resistência no mundo das passarelas. Atualmente, trabalha para a agência Krush MGMT.

Ana Flavia

Getty Images/

A baiana Ana Flavia, de apenas 19 anos, figura nossa lista por um motivo importante: foi a primeira mulher negra a ganhar a 24º edição do concurso Supermodel Of The World Brasil, realizado pela tradicional agência Ford Models. 

Dona de um black power maravilhoso, a profissional assinou um contrato de quatro anos com a Ford Models no valor de 150 mil reais. Sucesso!

Continua após a publicidade

Sophia Hadjipanteli

Pinterest/Reprodução

A ditadura da depilação ainda ronda o mundo feminino. Se os pelos não são removidos, logo a moça já é taxada de “desleixada” ou, até mesmo, “masculinizada”.

Sophia Hadjipanteli, modelo grega e estudante, é um dos exemplos de luta contra esse padrão. A jovem de 20 anos chegou a lança a campanha #UnibrowMovement entre seus mais de 50 mil seguidores em seu Instagram para empoderar mais mulheres.

Leia mais: CLAUDIA lança novo posicionamento: #EuTenhoDireito

Continua após a publicidade

Khoudia Diop

Instagram/Divulgação

Você já deve ter visto o rosto da Khoudia Diop, 19 anos, estampado em publicações nas redes sociais e nos principais portais de notícias. Modelando desde os 17 anos, Khoudia ficou famosa ao posar para a campanha “The Colored Girl: Rebirth, onde honra seu tom de pele negra extremamente intenso (e incrível).

Fluvia Lacerda

JobMix/

Fluvia Lacerda, 36 anos, faz história! Foi a primeira modelo plus size à ser capa da Playboy e, em agosto desse ano, desfilou pela primeira vez no São Paulo Fashion Week para uma coleção de moda praia. Prepare-se para vê-la ainda mais por aí.

Continua após a publicidade

Leia mais: Exposição promove debate sobre a rejeição da moda a modelos plus-size

Publicidade