Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

É seguro deixar as senhas e logins salvos no Chrome?

O Chrome, navegador do Google, oferece o serviço de armazenar senhas e nomes de usuário, confira se é uma boa ideia apostar nessa facilidade

Por Da Redação - Atualizado em 28 set 2020, 10h01 - Publicado em 28 set 2020, 09h56

Responder sim quando o Chrome, browser do Google, oferecer para salvar senhas de banco, logins em sites de e-commerce e das redes sociais pode facilitar o dia a dia dos usuários, mas não é seguro. O alerta é da empresa ESET, especializada em descobrir ameaças virtuais.

De acordo com a empresa, o armazenamento das senhas e nomes de usuário é feito em um banco de dados, SQLite3, dentro do computador, que pode ser acessado exclusivamente pelo browser.

Os dados são criptografados e podem ser descriptografados pelo Chrome quando o usuário está conectado à sua conta no Google.

O problema é que códigos maliciosos e vírus como o trojan podem conseguir roubar esses dados e descriptografá-los se um hacker invadir o seu computador. E a ESET já viu isso acontecer diversas vezes com uso de malwares, códigos maliciosos, e também com programas que têm essa mesma capacidade. Por isso, é melhor não utilizar gerenciadores de senhas oferecidos por browsers.

Continua após a publicidade
Publicidade