Pais podem favorecer filhos caçulas, diz estudo científico

Em 59% dos casos, mãe e pai tendem a ser mais permissivos com os filhos mais novos

Se você tem filhos, provavelmente já deve ter pensado que não é possível ter preferência por um deles. Porém, uma pesquisa pretende mostrar que isso nem sempre é verdade: 1.800 mães e pais foram ouvidos e ela afirma que a tendência, em 59% dos casos, é eles serem mais permissivos com os caçulas.

Segundo o estudo, realizado pela Bounty, especializada em oferecer suporte a grávidas e familiares, isso acontece porque os pais costumam passar mais tempo com os filhos mais novos e acabam dando mais atenção a eles nas tarefas diárias. Consequentemente, eles acabam “mimando-os” mais.

Veja o que está bombando nas redes sociais

“Em diversos tipos de cenário, os pais favorecem os filhos mais novos”, disse Lisa Penney, da Bounty, ao jornal britânico The Telegraph. “Deve ser porque eles são considerados o bebê da família, porque são mais exigentes ou simplesmente porque acham que as crianças precisam de menos atenção conforme vão ficando mais velhas.”

Por outro lado, a pesquisa mostra que, em 64% dos casos, os pais têm maior afinidade com os mais velhos em assuntos familiares, por exemplo. Além disso, há a questão da responsabilidade: 53% dos pais acreditam que os mais velhos são mais fáceis de serem disciplinados.

 

Leia também: Crianças que amam dinossauros são mais inteligentes, diz estudo

+ A segunda gravidez é mais cansativa que a primeira?

Carga mental: você se sente sobrecarregada em casa?