Os piores alimentos para as crianças

Conheça os alimentos que precisam ser descartados do cardápio do seu filho

Refeições nutritivas e saborosas devem ser prioridade na hora de montar os pratos das crianças, seja em casa, na escola ou nos passeios e viagens. Mas, com a correria do dia a dia, alimentos considerados ruins podem aparecer na rotina dos pequenos, o que deixa o cardápio infantil mais gorduroso, açucarado e cheio de substâncias que contribuem para o aparecimento de problemas de saúde graves, como a obesidade infantil.

Sucesso entre a criançada, guloseimas como salsicha, hambúrguer, refrigerante e sucos industrializados estão entre os maiores vilões da alimentação. “Eles são vazios em valor nutricional e apresentam alta concentração de gorduras, sódio, corantes ou ácidos em sua fórmula”, explica o nutricionista Gabriel Cairo Nunes, de São Paulo.

Confira os piores alimentos para crianças e entenda os males que eles podem causar à saúde dos pequenos.

Salsicha
É um alimento com baixo valor nutricional, fonte de sódio e gordura. “Mesmo vendida em algumas versões light, a salsicha não oferece nutrientes com benefícios ao organismo das crianças”, explica o nutricionista Gabriel Cairo Nunes.

Hambúrguer congelado
Engana-se quem acredita que o valor protéico desse alimento seja realmente bom. “A carne processa e congelada não possui a proteína necessária para o desenvolvimento infantil, além de ter muita gordura e sódio”, afirma o especialista.

Frango empanado
Geralmente oferecido em forma de nuggets, o frango empanado é uma mistura de ingredientes sem valor nutritivo. “Outro problema é ele ser frito. Prefira ofertar o próprio filé de frango, na versão grelhada ou cozida”, alerta.

Refrigerante
Muito querido pelos pequenos, o refrigerante tem valor nutricional praticamente nulo. “A bebida é rica em açúcar simples, que pode contribuir para a obesidade e provocar transtornos do sono, como a insônia”, diz o nutricionista.

Salgadinhos
Salgadinhos possuem muita gordura, carboidrato e sódio, além de baixo valor nutricional. “Esses componentes podem ser responsáveis pela elevação do colesterol ruim, diabetes e até mesmo da hipertensão. Em algumas ocasiões não trará muitos problemas, mas o consumo frequente sim”.  

Maionese
Leva muitas calorias e baixíssimo valor nutricional ao corpo da criança, e é rica em gordura e sódio.

Macarrão instantâneo
É feito com muito sódio e açúcar, podendo causar alterações no metabolismo infantil. “É um alimento que não causa saciedade e, por essa razão, as pessoas acabam ingerindo em maior quantidade, o que interfere no ganho de peso”, explica.

Bolacha recheada
Carrega muita gordura saturada e açúcar e é pobre em vitaminas e minerais.

Suco industrializado
Prefira sempre a versão natural da bebida. “O açúcar simples dos sucos em pó ou de caixinha contribui para o acúmulo de energia que, posteriormente, se transforma em gordura. Ainda é composto por corantes, que podem sobrecarregar os rins”, conta o nutricionista. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s