10 filmes eróticos da Netflix e Amazon para assistir na quarentena

Antes considerado polêmico ou cheio de tabus, o gênero agora arrebata boas críticas e ganha fãs entre o público solteiro e casado

Nessa quarentena, é provável que você já tenha devorado boa parte do catálogo das plataformas de streaming, como a Netflix e a Amazon Prime Video. Que tal, agora, dar chance para algo mais… Sexual?

Estando perto ou longe da pessoa amada, sendo casada ou solteira, essa seleção de filmes eróticos e super sensuais vão te permitir conhecer um pouco mais sobre o gênero.

Confira, abaixo, 10 filmes eróticos da Netflix e Amazon Prime Video para você curtir na quarentena. Eles não falam apenas de sexualidade, mas de amor, companheirismo e outros temas importantes e que ainda são considerados tabus. Prepare a pipoca, tire as crianças da sala e divirta-se!

Loving Annabelle (2006) – Netflix

Neste longa de 2006, a jovem e querida professora Simone trabalha em um colégio católico, onde acaba se atraindo pela aluna Annabelle, sendo correspondida. Apesar das iniciativas da estudante, a docente tenta resistir para não arriscar seu emprego, mas não consegue conter sua paixão por muito tempo.

 

Depois do Sexo (2007) – Amazon Prime Video

O longa aborda a complexidade das relações modernas por meio das conversas de oito casais após o sexo. Através destes diálogos, o filme nos leva desde o início de um relacionamento até o término, examinando todas as etapas que um casal passa em um relacionamento.

Jogando com Prazer (2009) – Amazon Prime Video

Nikki é um mulherengo que vive na casa de uma advogada de meia idade. Um dia, ele conhece uma garçonete que gosta de seduzir tanto quanto ele. Logo, os dois passam um jogo de disputas e sedução, até que eles precisam decidir entre o amor e o dinheiro.

Sexo Sem Compromisso (2011) – Amazon Prime Video

Amigos de longa data, Emma e Adam começam a ter relações sexuais e, com medo de estragar a amizade entre eles, fazem um pacto para manter as coisas puramente no plano físico, sem brigas, sem ciúmes e expectativas. Emma e Adam prometem fazer o que quiserem, onde quiserem, contanto que não se apaixonem.

Lovelace (2013) – Amazon Prime Video

Cinebiografia de Linda Lovelace, atriz pornô que fez grande sucesso na década de 70 após estrear no filme “Garganta Profunda”, o longa retrata como ela foi de uma garota de família tradicional à protagonista do clássico do gênero.

A vida secreta de Zoe (2014) – Netflix

Zoe Reynard tem uma vida estável: um marido que ela conhece desde criança, três filhos e uma carreira de sucesso. No entanto, ela acaba se atraindo por um artista plástico, com quem passa várias noites, e, posteriormente, se envolve sexualmente com outros homens para saciar um desejo compulsivo por sexo. Ao mesmo tempo, ela passa a se consultar com uma terapeuta, para quem conta todas as suas histórias da vida dupla em que vive.

Kiki – Os Segredos do Desejo (2016) – Netflix

Nesta comédia espanhola, um casal é desafiado a descobrir sua sexualidade através de novas experiências após procurar um terapeuta para resolver os problemas íntimos. A trama traz diversas problemáticas importantes, além de tratar temas como amor livre e poligamia, ainda um tabu na nossa sociedade.

Newness (2017) – Netflix

Martin e Gabi são dois jovens que se conhecem em um aplicativo de encontros e começam a namorar. No entanto, ao passar do tempo, o relacionamento cai na rotina. Para acabar com o tédio entre eles, o casal encontra uma solução inusitada para o problema, o que é explorado ao longo da trama.

Duck Butter (2018) – Netflix

Este filme conta a história de duas mulheres que decidem passar 24 horas juntas antes de decidirem se vão se relacionar seriamente. Nesse período, elas exploram novas formas de intimidade além do sexo, construindo também o companheirismo necessário para uma relação.

After (2019) – Amazon Prime Video

Baseado no best-seller de Anna Todd que foi sucesso entre as adolescentes do mundo inteiro, After conta a história de uma estudante universitária que se envolve em um turbulento e sensual relacionamento com um garoto encrenqueiro.

Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva:

 

%d blogueiros gostam disto: