CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Filme indiano provoca reflexão sobre a dislexia

O distúrbio genético pode causar dificuldade para ler ou soletrar. Mas não pode impedir ninguém de ser muito bem sucedido – e feliz!

Por Gabriela Abreu (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 05h49 - Publicado em 27 jan 2016, 14h11

Ishaan Awasthi é um indiano de 9 anos, que já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e periga passar pela situação novamente. Ele não consegue acompanhar as aulas, prestar atenção na matéria, ler e escrever é um grande desafio, pois as letras dançam em sua frente. Ao descobrir que o garoto tinha dislexia, o professor substituto inicia um plano para resgatar a auto estima do garoto. O docente apresenta diversos nomes importantes, como Leonardo da Vinci, Albert Einstein, Walt Disney, e a escritora Agatha Christie para explicar o que é esse distúrbio genético – e não uma doença! – pelas vivências de superação dessas personalidades. A história é um curta-metragem com direção de Aamir Khan e Amole Gupte, e tem como objetivo provocar a discussão do tema junto aos professores e à família.

 

 

Publicidade