Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Filho da rainha Elizabeth, príncipe fala sobre acusação de abuso sexual

Novo vídeo mostra Andrew saindo da mansão do milionário Jeffrey Epstein, acusado de comandar rede de pedofilia

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 14h22 - Publicado em 19 ago 2019, 12h05

Uma série de documentos relevou um esquema de tráfico sexual envolvendo Jeffrey Epstein, bilionário que foi encontrado morto em sua cela no último dia 10. Um eminente membro da família real, o príncipe Andrew, foi acusado de se aproveitar dos serviços da rede, o que provocou um escândalo.

Segundo noticiou a imprensa internacional, ele teria abusado sexualmente de uma jovem menor de idade. O jornal Daily Mail publicou neste domingo (18) um vídeo em que príncipe Andrew se despede de uma mulher que saía da casa de Jeffrey em Nova Iorque em 2010.

Andrew declarou estar abalado com as acusações. O Palácio de Buckingham emitiu um comunicado após as polêmicas. “Sua Alteza Real deplora a exploração de qualquer ser humano e dar a entender que ele poderia tolerar, participar ou apoiar tais práticas é abominável”.

Veja o que está bombando nas redes sociais

Continua após a publicidade

No início de julho, o bilionário Epstein foi acusado de ter organizado uma rede exploratória de jovens do ensino médio, com as quais mantinha relações sexuais forçadas em Manhatam e na Flórida, onde possuía propriedades. Segundo investigações, entre os contatos do acusado estavam o ex-presidente Bill Clinton, o presidente Donald Trump e o príncipe Andrew.

Os documentos afirmaram que o bilionário forçou uma das vítimas, Virginia Giuffre, a manter relações sexuais com o duque de York. O palácio de Buckingham nega qualquer comportamento inadequado do príncipe.

Leia mais: Escândalo sexual na realeza: príncipe é acusado de abusar de menor

+ Homem que ameaçou príncipe George é condenado a prisão perpétua

Continua após a publicidade

PODCAST Como lidar melhor com seus problemas

 

Publicidade