Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Ferramenta online ajuda vítimas de violência doméstica na quarentena

O ISA.bot fornece informações para proteção das mulheres e permite acessar redes de apoio jurídico e psicológico

Por Isabella D'Ercole - 7 Maio 2020, 12h09

A ISA.bot é uma robô acessível pelo chat do Facebook ou o Google assistente. Ela foi criada em 2019 para ajudar mulheres vítimas de crimes virtuais. Agora, ganha uma nova atualização para auxiliar mulheres vítimas de violência doméstica.

O número de denúncias de violência doméstica cresceu muito durante a quarentena. “Num isolamento, sobem as tensões familiares.  silêncio e o isolamento são os maiores aliados da violência. Precisamos lembrar da capacidade de aproximação da tecnologia”, explicou em entrevista a CLAUDIA Mafoane Odara, gerente do Instituto Avon. E muitas mulheres, presas em casa, não sabem como pedir ajuda ou tem medo de que as tentativas possam agravar os episódios de agressões. O ISA.bot permite que a busca por informações e pedidos de ajuda sejam feitos de forma discreta. 

A robô oferece dicas para manter-se segura em casa e também links para outras ferramentas que possam auxiliar a mulher, como aplicativo PenhaS, que encontra delegacias da mulher próximas e ensina a recolher provas do crime, ou a plataforma do Mapa do Acolhimento, uma rede de diversas profissionais que oferecem auxílio psicológico e jurídico por todo o Brasil.

Desde seu lançamento, a bot já ajudou 69 mil mulheres vítimas de violência na internet ou domésticas. Desenvolvida pelas ONGs Think Olga e Nossas.Org em parceria com o Facebook, Google e ONU Mulheres, pode ser acionada também por voz, caso a vítima tenha qualquer dificuldade com a escrita.

Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva

Continua após a publicidade
Publicidade