Duda Kertész agora é presidente de divisão internacional da Johnson & Johnson

Sob o comando da executiva, a Johnson & Johnson Consumo Brasil cresceu 80% em relação a 2010.

Uma das maiores executivas brasileiras, Duda Kertész, 43 anos, foi promovida à presidência de uma das divisões do negócio de Consumo da Johnson & Johnson nos EUA, chamada HealthE. Durante os cinco anos e meio em que foi presidente da multinacional no Brasil, Duda sempre esteve atenta à questão da mulher no mercado de trabalho. 

“Não me conformo com o fato de que nem minha filha nem minha neta viverão uma realidade muito diferente”, disse a CLAUDIA em junho deste ano sobre o relatório do instituto de pesquisa McKinsey & Company, baseado em instituições americanas, que indica que as mulheres levarão 100 anos para alcançar o mesmo número de cargos de CEO ocupados pelos homens. Por isso, em seu trabalho administrativo, ela reúne esforços para que esse cenário se transforme mais rápido. 

Leia também: Acabou a brincadeira: mais mulheres precisam chegar ao topo

A executiva começou sua trajetória na Johnson & Johnson em 1993, como Trainee de Marketing e, ao longo dos últimos 23 anos, assumiu uma posição de liderança atrás da outra. Sob seu comando, a J&J Consumo Brasil teve um crescimento de 80% em relação a 2010.

A mudança de cargo ocorre oficialmente no dia 15 de setembro. A partir de então, Duda atuará nos EUA e será responsável por marcas como JOHNSON’S®, LISTERINE®, Oral Care e BAND AID®. Em seu lugar, entra Andre Mendes, brasileiro que cuidava da J&J Consumo Cone Sul (Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai e Bolivia).