CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Conforto para dormir bem

Saiba o que levar em conta na hora de escolher o modelo do seu colchão e dos travesseiros. E tenha bons sonhos!

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 13h02 - Publicado em 26 out 2008, 21h00

Escolha o colchão e o travesseiro certos para o seu perfil e durma como criança
Foto: Dreamstime

Noites mal dormidas podem ser um sinal para você trocar o colchão. É o que garante o ortopedista Anthony B. Lyndon, membro da Associação Britânica de Ortopedia. A má acomodação do corpo pode ser notada a partir de seus hábitos noturnos. Se você se mexe excessivamente ou acorda várias vezes de madrugada, fique atenta à qualidade do colchão ou do travesseiro. O problema é que o mercado oferece tantos produtos nesse setor que fica difícil optar por um modelo específico. Mas isso é vital, porque você passa cerca de 1/3 do dia com o corpo sobre o colchão e o travesseiro. Portanto, tenha cuidado ao escolhê-los. Veja como acertar em cheio.

Qual é o melhor colchão?

De molas, de espuma ou magnético. Conheça as características e escolha o seu.

De molas
Considerado por muitos especialistas como o mais confortável dos colchões, deve ser usado por, no máximo, seis anos. Tenha cuidado ao manuseá-lo, pois ele pesa bem mais do que os modelos de espuma. Os tipos mais comuns são:

Molas ensacadas
Este modelo apresenta alta durabilidade. As molas são envolvidas individualmente por um tecido. Isso faz com que o colchão se comporte de maneira uniforme, evitando movimentos horizontais. Custa 30% a mais do que outros colchões de mola.

Continua após a publicidade

Bonnel
Tem um preço próximo ao dos colchões de espuma, mas sua durabilidade é reduzida – de 2 a 3 anos. Tem cobertura pouco espessa de espuma.

De espuma
Estes modelos, além de mais baratos, são bem leves. Mas são campeões em acúmulo de umidade, fungos e ácaros. Eles podem durar até quatro anos, se bem utilizados – o que inclui virá-los periodicamente na diagonal. Os principais tipos são dois:

Poliuretano
É o mais em conta. Deforma-se rapidamente. A densidade, que varia de 26 a 33 kg/m³, deve aumentar de acordo com o peso do usuário. Recomenda-se o de 33 para pessoas acima de 100 kg.

Látex
Durável, molda-se ao corpo. Custa em média cinco vezes mais que o de poliuretano.

Magnético
Os fabricantes garantem que os pequenos ímãs trazem vários benefícios ao corpo, como ativar a circulação e retirar cargas negativas, por exemplo. A quantidade desses ímãs é bem pequena. Se forem colocados lado a lado, eles equivalem ao tamanho da palma da mão. Esses colchões apresentam uma superfície de espuma ondulada, sobre a qual são fixados os fragmentos do metal.

Cuidado: Não há, no entanto, nenhuma comprovação científica sobre a eficiência desse processo.

Continua após a publicidade

Publicidade