Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

3 tipos de decoração para apartamentos pequenos

Nestes projetos criativos, cada coisa tem seu lugar em espaços de até 35 metros quadrados

Por Edição visual: Olivia Canato - Atualizado em 18 fev 2020, 08h46 - Publicado em 10 Maio 2019, 19h00

Morar em apartamentos pequenos costumava ser sinônimo de desafio, mas agora não mais. A cada dia mais pessoas estão preferindo mudar para lugares menores e que são super bem pensados.

Confira 3 inspirações:

Família atual

Nathalie Artaxo/CLAUDIA

O desafio proposto às arquitetas Fabiana Silveira e Patricia de Palma, do SP Estudio (@spestudio), em São Paulo, não era simples. Elas tinham que instalar um casal e a filha adolescente em um apartamento de apenas 33 metros quadrados. Com marcenaria planejada e aproveitamento de cada centímetro, deu tudo certo.

Nathalie Artaxo/CLAUDIA

Pasme: todo mundo tem um espaço para chamar de seu. “O casal ficou com o quarto, que pode ser integrado à área social ou separado por portas de vidro boreal. Já a filha ocupou a antiga varanda, que se transformou em quarto e sala de TV, pois a cama funciona também como sofá”, explica Fabiana.

Nathalie Artaxo/CLAUDIA

Há ainda uma bicama para quando recebem visitas. Outros móveis têm dupla função, como a cama do casal e o banco da sala de jantar, ambos com baús embutidos, e o armário da TV, que possui nichos para fazer as vezes de guarda-roupa da adolescente. “A multifuncionalidade é a melhor solução para ganhar espaço”, afirma a arquiteta.

Fácil uso

Daniel Lee/CLAUDIA

Os donos deste apartamento se mudaram do interior de São Paulo para a capital querendo ficar mais perto dos filhos, que já moravam na cidade. O desejo era manter o clima de calmaria pelo menos dentro de casa. As arquitetas Bianca Atalla, Elisa Ju e Fernanda Mendonça, do JMA Estúdio (@jmaestudio), criaram um refúgio.

Daniel Lee/CLAUDIA

Para fazer bom uso dos 35 metros quadrados de área, a varanda foi integrada à sala, aumentando o espaço de estar e jantar. Apesar de o condomínio ter lavanderia coletiva, os moradores optaram por uma área de serviço no apartamento, disfarçada com uma parede de blocos de vidro. O truque permite isolar o tanque sem perder a entrada de luz na cozinha.

Continua após a publicidade
Daniel Lee/CLAUDIA

“Sempre que houver possibilidade, agregue os ambientes. E evite móveis robustos, que atravancam a passagem. Prefira aqueles com mais de uma função, como a bancada de café da manhã, que se estende como rack da TV e conecta-se com a mesa de jantar”, diz Fernanda.

Sem tédio

Renato Navarro/CLAUDIA

Paredes são desnecessárias neste apartamento de 24 metros quadrados, localizado em São Paulo. O imóvel foi pensado para atender quem não tem medo de ousar no design de móveis e objetos.

Os arquitetos André Bacalov, Kika Mattos e Marcela Penteado, da TRiART Arquitetura (@triart.arquitetura), integraram até o banheiro, que aparece demarcado apenas por uma estrutura de metal e vidro e pela cor laranja pintada do chão ao teto.

Renato Navarro/CLAUDIA

“Brincamos com geometrias e caixas que delimitam espaços sem precisar construir uma barreira”, define Kika. Para deixar o restante uniforme, o piso e as paredes receberam a textura do cimento queimado.

O armário, de tom escuro, garante profundidade ao ambiente e abriga de roupas a utensílios de cozinha. “Conta também com um painel de correr na frente, que, quando fechado, esconde a televisão”, completa a arquiteta. O sofá-cama, bem espaçoso e confortável, é outro destaque.

Renato Navarro/CLAUDIA

Leia também: 10 projetos de cozinha com bricks para se inspirar

Alerta tendência: tons terrosos na decoração

Siga CLAUDIA no Youtube

Continua após a publicidade
Publicidade