Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Vacina contra zika mostra eficácia em testes com macacos

Em um grupo de 18 macacos testados com duas doses da vacina, 17 ficaram com proteção completa ao vírus

Por Redação CLAUDIA - Atualizado em 28 out 2016, 14h37 - Publicado em 23 set 2016, 12h36

Uma nova vacina para o vírus da zika apresentou bons resultados em testes com macacos. A conclusão da pesquisa, desenvolvida pelos Institutos Nacionais de Saúde (NIH), dos Estados Unidos, foi publicado nesta quinta-feira (22), na revista Science. Já estão em andamento testes clínicos com humanos com o objetivo de estebelecer os níveis mínimos de anticorpos no sangue para que uma proteção completa seja possível. 

Em um grupo de 18 macacos rhesus testados com duas doses da vacina, 17 ficaram com proteção completa ao vírus. A vacina se baseia em um DNA que codifica proteínas presentes apenas no vírus da zika. A aplicação faria com que o organismo, ao ter tido contato previamente com as proteínas e as reconheça ao entrar em contato com o vírus, desenvolva resposta imune contra a infecção. 

Leia também: Gravidez e zika vírus: com medo e pouca informação, 90% das mulheres querem mais exames 

O objetivo dos testes foi avaliar se a vacina realmente induz à produção de anticorpos e se eles são capazes de neutralizar o vírus. Agora, estão sendo feitos testes clínicos para avaliar a segurança da vacina em humanos, bem como sua eficácia em produzir anticorpos. Desde agosto, 55 pessoas foram vacinadas. O objetivo é ter o resultado em quatro meses. 

.
.

Continua após a publicidade
Publicidade