Músicas de ninar ajudam a acalmar mães, diz estudo

"Música é uma ferramenta que pode fazer pessoas se unirem mais. E isso começa na infância", lembra pesquisadora

Uma das técnicas mais conhecidas para acalmar bebês é cantar músicas de ninar para eles. O que descobriu-se recentemente é que as canções servem não só benefícios aos nenês como também para as mães.

De acordo com estudo Efeitos do Movimento Interpessoal Sincronizado no Auxílio ao Comportamento Infantil: é a música necessária? (em tradução livre), publicado pela Universidade de Toronto em fevereiro deste ano, canções de ninar ajudam a acalmar o organismo de mães e filhos simultaneamente – assim como músicas agitadas possibilitam que ambos fiquem elétricos.

Para chegar à conclusão,  pesquisadores da universidade solicitaram às mães que participaram da investigação que cantassem a música Brilha, brilha estrelinha em diferentes entonações de voz e velocidade e que olhassem diretamente para o olho dos bebês – de até 14 meses – ao longo do procedimento.

Durante o canto em volume baixo e ritmo lento, percebeu-se que mães e bebês se acalmavam. Em tons altos e acelerados, os filhos se sentiam mais ligados às mães.

O resultado do estudo foi apresentado no Congresso Cognitive Neuroscience Society (CNS), em Boston (EUA), pela integrante da pesquisa Laura Cirelli que lembrou: “Música é uma ferramenta que pode fazer pessoas se unirem mais. E isso começa na infância.”

Leia mais:

+ Princesa Kate: “Nada pode realmente te preparar para ser mãe”

+ “Na crise, a mulher em licença-maternidade torna-se mais vulnerável que outros profissionais”