Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Meningite meningocócica: o que é e como prevenir

Doença grave tem origem bacteriana

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2020, 11h00 - Publicado em 1 mar 2019, 17h47

Arthur Araújo Lula da Silva, de apenas 7 anos, morreu no início da tarde desta sexta-feira (1º). O menino, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi diagnosticado com meningite meningocócica e não resistiu.

A meningite é uma doença grave que pode ser causada por vários agentes infecciosos, como bactérias, fungos e vírus.

De origem bacteriana, a meningite meningocócica é caracterizada por uma infecção das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. É uma doença grave que pode causar sequelas e até mesma levar à morte.

Mesmo quando a doença é diagnosticada precocemente e o tratamento adequado é iniciado, 8% a 15% dos pacientes vão a óbito, geralmente dentro de 24 a 48 horas após o início dos sintomas.

As sequelas causadas por ela podem ser dano cerebral, perda auditiva ou incapacidade em 10 a 20% dos sobreviventes.

Transmissão

Sua forma de transmissão é através do contato direto com gotículas respiratórias, através de tosse, espirro e beijo, por exemplo. Cerca de 10% dos adolescentes e adultos já possuem essa bactéria na orofaringe (“garganta”) e podem transmiti-la sem adoecer.

Dentre os principais sintomas estão febre, irritabilidade, dor de cabeça, perda de apetite, náusea e vômito. Com o agravamento da doença, o paciente pode apresentar pequenas manchas arroxeadas na pele, rigidez na nuca e sensibilidade à luz.

Continua após a publicidade

Caso não haja um rápido tratamento, o quadro pode evoluir para confusão mental, convulsão, falência múltipla dos órgãos e risco de óbito.

Prevenção

Uma das formas mais eficazes de prevenir a doença é através da vacinação. Ela é indicada para crianças a partir dos 2 meses de idade, adolescentes e adultos.

Há algumas especificações: a vacina para a proteção contra a doença meningocócica causada pelo meningococo B só é indicada dos 2 meses aos 50 anos de idade.

Nos postos de saúde, a vacina para proteção contra a doença causada pelo meningococo C é gratuita para crianças menores de 5 anos de idade e adolescentes de 11 a 14 anos. Outras formas de prevenção são evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados e limpos.

*Texto cedido pela farmacêutica GSK

Leia também: 4 maus hábitos que podem prejudicar a saúde da sua pele

+ 8 passos para transformar exercícios físicos em hábito

Siga CLAUDIA no Youtube

Continua após a publicidade
Publicidade