Falar durante o sono pode ser um distúrbio

Ingestão de álcool, cansaço e doenças como depressão podem desencadear o problema

É comum emitirmos inconscientemente alguns sons ou palavras enquanto dormirmos. Mas se você faz isso frequentemente e chega até a conversar com alguém ou acordar o parceiro por isso, é provável que você sofra de sonilóquio. É assim que a medicina identifica o ato de falar durante o sono sem perceber. Segundo a Fundação Nacional Americana do Sono, a gravidade e a necessidade de tratamento depende da intensidade do distúrbio. Muitos casos são genéticos, mas fatores externos podem estimular ou ainda desencadeá-lo, como ingestão de álcool, falta de sono, febre, ansiedade, stress, depressão ou outras doenças mentais e físicas. Por isso, evite bebidas alcoólicas e refeições pesadas antes de dormir, respeite suas horas de sono e tente encontrar uma atividade que diminua o stress e a ansiedade do dia a dia.