CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Cromoterapia: como as cores ajudam no dia a dia

Descubra o significado das cores e como elas podem te ajudar a alcançar o equilíbrio

Por Da Redação Atualizado em 7 jul 2022, 14h47 - Publicado em 8 jul 2022, 08h46

As cores são ferramentas muito poderosas – seja para expressar a sua personalidade na moda e na maquiagem, para despertar sensações e trazer harmonia para a decoração da casa, e, claro, até mesmo para encontrar o equilíbrio e ter corpo e mente mais saudáveis. Tudo isso é aplicado na cromoterapia, uma terapia holística e complementar já conhecida em todo o mundo.  Mas, afinal, como ela funciona? Aqui nós descobrimos juntas.

“A cromoterapia é uma das muitas terapias holísticas que existem. Por meio da vibração das cores é possível cuidar de vários problemas de saúde física e psicológica. Sem falar que é possível alinhar os chacras” pontua a espiritualista da Plataforma iQuilíbrio e especialista em terapia holística, Juliana Viveiros.

A terapia consiste nas sete cores do arco-íris (vermelho, amarelo, azul, laranja, índigo, verde e violeta), e seus benefícios são alívio dos sintomas de determinada doença através de uma cor específica; Diminuição do cansaço físico; Auxílio no tratamento de dores de cabeça; e Estimulação do Sistema Nervoso Central.

O significado terapêutico de cada cor

Vermelho: na cromoterapia, vermelho dá energia e vitalidade, libera adrenalina, ameniza dores reumáticas. É indicado para anemias, impotência sexual, frigidez, depressão, melancolia e dores musculares.

Laranja: combate a fadiga e estimula o sistema respiratório, aumentam o otimismo e a criatividade e atuam de forma eficiente nos casos de bronquite e cisto no ovário.

Continua após a publicidade

Amarelo: estimula o sistema nervoso central, contribui para a regeneração óssea e é recomendado nos tratamentos de manias, ideias fixas, preocupação excessiva, fixação em ganhos e lucros, úlcera gástrica, diarreias, colites e falta de confiança no futuro. Além disso, essa cor estimula alegria e criatividade.

Verde: favorece o equilíbrio hormonal e alivia a insônia. Estimula órgãos digestivos e tem ação anti-infecciosa. Tem bom resultado quando usada no tratamento de depressão crônica, complexo de inferioridade, psicose maníaco depressiva, auto estima diminuída e falta de memória.

Azul: calmante e analgésico, indicado para os casos de estresse, convalescença, pressão alta, obesidade convalescença e pressão alta. Pode ser aplicada para casos de irritabilidade, insegurança, insônia e ansiedade.

Índigo: tem ação coagulante e anestésica. É usada em casos de ferimentos e sangramentos em geral, além das doenças nos olhos como glaucoma e catarata, Ajuda a combater a insônia.

Violeta: é calmante e purificadora do sangue. Elimina toxinas e estimula a produção de leucócitos. Bom nos casos de pneumonia, tosse seca, asma, irritação da pele e dor ciática. Além disso, é eficiente na carência afetiva, remorso e sentimento de culpa.

Como se beneficiar

Além de utilizar estas cores na decoração da casa e até nas suas roupas, você pode apostar na cromoterapia com um profissional. “O ideal é que você procure um cromoterapeuta, que após fazer uma avaliação, indicará as cores mais adequadas para auxiliar no seu processo de cura. Mas lembre-se sempre que a cromoterapia deve ser usada com uma terapia complementar e não deve substituir um tratamento indicado pelo seu médico ” conclui Viveiros.

Continua após a publicidade

Publicidade