CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

“Correr sozinha é ótimo. Correr com os amigos é melhor ainda”

Acompanhe a minha coluna e descubra que é possível, sim, praticar atividade física e viver de forma mais saudável mesmo no agito do dia a dia

Por Aline Gomiero Atualizado em 28 out 2016, 14h37 - Publicado em 16 set 2016, 09h36

Se você já é apaixonada por corrida, provavelmente nem liga para quem está ao seu lado. Mas para quem está iniciando nesse universo, ter uma boa companhia em alguns treinos é primordial. E olha só: a corrida  mais descontraída manda embora ansiedade (como já comentei aqui) e o suporte de outra pessoa ajuda a lidar melhor com dores, cansaço e a “famosa” falta de estímulo. 

Todas as vezes que comento com algum colega que estou correndo, recebo o convite: “vamos correr juntos?”. E eu acho isso ótimo! Correr com outra pessoas mais experiente faz com que eu me esforce mais e acelere nos treinos, o que, naturalmente, me ajuda a melhorar.  Sem falar que o #ProjetoCorrida também já serviu de incentivo para outras pessoas. Já corri com meu pai, primas e amigas (as selfies estão aí para provar). 

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

Nenhum amigo aceitou seu convite de sair para correr? Talvez uma boa ideia seja participar de um grupo de corrida (procure na internet) ou criar o seu, reunindo amigos ou colegas do trabalho. Com hora e local marcados para encontrar o grupo, fica mais difícil desanimar. Ao treinar com a equipe Run & Fun, senti que a corrida se tornou um estilo de vida. Ela reúne homens e mulheres que pensam de forma semelhante, que cuidam da saúde e do corpo e que gostam de trocar dicas e experiências. Tem coisa melhor? 

 

** É possível praticar atividade física e viver de forma mais saudável mesmo no agito do dia a dia? Para provar que sim, eu aceitei o desafio da Mizuno e estou participando do #ProjetoCorrida.

Continua após a publicidade

Publicidade