CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Como cuidar da parte oleosa da pele mista sem afetar as outras regiões?

Nestes casos, o restante da pele do rosto tende a ser seco ou normal.

Por Raquel Drehmer Atualizado em 16 jan 2020, 08h47 - Publicado em 21 set 2018, 00h28

Oleosa e seca/normal ao mesmo tempo, a pele mista é a mais comum entre as mulheres brasileiras. Sua principal característica é apresentar oleosidade na zona T do rosto (testa, nariz e queixo) e ressecamento no restante da região.

Diante disso, é natural surgir a dúvida: se são dois tipos de pele no mesmo rosto e não devemos aplicar produtos para tipos diferentes de pele, como cuidar da parte oleosa sem prejudicar a seca?

“É preciso haver um equilíbrio”, diz a dermatologista Sábata Reis, da clínica QuoVita (RJ). “Os produtos para pele mista são feitos com substâncias livres de óleo e com agentes tanto hidratantes quanto de controle de oleosidade e brilho.”

A também dermatologista Michelle Palmiro, da clínica Palmiros, explica que o equilíbrio é alcançado na forma como se “entrega” o tratamento para a pele mista. “Todas as áreas devem ser limpas, tonificadas e hidratadas, mas precisamos ter o cuidado de não levar um veículo gorduroso para a parte oleosa; então, optamos por hidratantes em sérum”, conta.

É preciso “duplicar” produtos para cuidar da pele mista?

Ou seja, usar um sabonete para pele oleosa na zona T e um para pele seca nas bochechas, por exemplo?

Na rotina de cuidados diários com a pele isso não é necessário.

Continua após a publicidade

“Hoje, a indústria de dermocosméticos tem laboratórios avançados e utiliza tecnologias incríveis para conseguir resultados satisfatórios para a pele mista em um único produto”, garante Sábata.

A dica aqui é: confie em marcas consagradas, que invistam no desenvolvimento de novos produtos constantemente. Pode ter certeza de que elas sempre levam para as prateleiras das farmácias o que há de mais moderno para o tratamento da pele.

Sendo assim, pode usar o sabonete, o tônico, o hidratante e o filtro solar para pele mista sem medo de ser feliz. Eles foram formulados para dar conta das diferenças das características da pele.

Mas a parte oleosa da pele mista requer cuidados específicos de vez em quando

Michelle lembra que algumas características da pele oleosa demandam cuidados exclusivos de quando em quando, já que ela poderá apresentar espinhas, cravos e acne, além de poros dilatados.

“No rosto todo, a limpeza é feita sem ação abrasiva, o tônico será uma água micelar, o hidratante é em sérum e o protetor, oil free. Mas um eventual redutor de oleosidade só será aplicado na zona T, com atenção”, esclarece.

Não hesite em passar por uma consulta dermatológica

Justamente devido ao fato de a parte oleosa da pele mista acabar podendo ter espinhas, cravos e acne, o risco de surgirem manchas e até cicatrizes em caso de tratamento inadequado é alto.

Por isso, se ela não alcançar um equilíbrio no tratamento corriqueiro com produtos para pele mista, procure uma médica dermatologista, que poderá lhe orientar sobre redutores de oleosidade e peelings para assegurar uma pele saudável e bonita em todo o rosto.

Continua após a publicidade
Publicidade