CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

5 sinais físicos de que está estressada e precisa de uma pausa

O corpo também fala. Saiba ler os indícios que ele dá:

Por Da Redação Atualizado em 9 Maio 2017, 20h08 - Publicado em 8 Maio 2017, 17h36

Dar conta do trabalho, da família, da vida social. Quando você vê, está estressada. O estresse às vezes pode ser tão alto que leva o sujeito a um ponto em que fica difícil seguir a rotina. Ele torna-se, então, improdutivo – e fica mais estressado. É um ciclo vicioso.

Além do efeito emocional, o estresse impacta o corpo fisicamente, ocasionando alguns efeitos colaterais que podem funcionar como um indício de que você está muito estressada. Eles podem servir como bons lembretes para dar um passo atrás e para a avaliação do que pode estar sendo o problema.

Listamos 5 sinais que seu corpo dá quando está estressado demais.

1 Insônia

Apesar de que nem todos os casos de insônia sejam causados por estresse, existe uma ligação entre estresse e insônia. Se você sofreu de insônia a vida toda, provavelmente os episódios não têm nada a ver com estresse, mas, se repara que tem mais problemas para dormir em períodos tensos, as duas coisas podem estar relacionadas.

2. Você está sempre doente

O estresse enfraquece seu sistema imunológico, o que significa que o organismo fica mais vulnerável a gripes, resfriados e outros vírus que circulam por aí. Se aquele resfriado, que devia desaparecer em poucos dias, dura semanas, pode ser um sinal de estresse.

Continua após a publicidade

Leia também: Burnout: os sinais da síndrome causada por esgotamento no trabalho

3. Cansaço extremo

Mesmo após uma noite de sono de 8 ou 10 horas, você ainda se sente cronicamente letárgica e exaustaPreocupação e estresse são citados como duas razões comuns por pessoas que se sentem fisicamente esgotadas e, em casos de estresse extremo, vem a sensação de sobrecarga.

4. Dor muscular constante ou tensão

Se encontrar dizendo: “Eu preciso de uma massagem” todos os dias pode ser sinal de que os níveis de estresse estão altos demais. O estresse afeta os níveis de adrenalina no organismo, que tem um efeito direto sobre seus músculos e nervos. Há também outros fatores em jogo. Quando estamos estressados paramos de fazer exercício ou dormimos mal, por exemplo. Esses fatores contribuem para o surgimento das dores musculares.

5. Dores de cabeça constantes

Como se todos esses sintomas não fossem suficientes, o estresse pode causar dores de cabeça. Os episódios podem durar de 30 minutos a dias e são caracterizados por uma dor ou pressão na testa ou na parte de trás da cabeça. Apesar de não ser tipicamente severa, a dor é mais um sinal de que seu corpo está passando por um elevado estresse. Não deixe essas dores de cabeça sem tratamento, porque , somadas ao estresse diário podem levar a cefaleias de tensão crônica.

Leia também: 8 atitudes simples e poderosas que diminuem o estresse

Se algum destes sintomas soar familiar, é hora de fazer um balanço do que exatamente está cansando a sua mente.

Continua após a publicidade

Publicidade