Clique e assine com até 75% de desconto

Veja o desempenho das mulheres nas disputa de prefeituras das capitais

Em Palmas (TO),a prefeita foi reeleita e mulheres seguem na disputa pela prefeitura em outras cinco capitais, mas nenhuma saiu na liderança

Por Da Redação Atualizado em 16 nov 2020, 12h31 - Publicado em 16 nov 2020, 10h18

Em Palmas (TO), a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) foi reeleita com 36,24% dos votos válidos. Por não ter o número mínimo de 200 mil eleitores, a cidade não tem segundo turno. Cinthia teve 46,2 mil votos.

Ao, todo 57 cidades, dos 95 municípios que têm mais de 200 mil eleitores, terão segundo turno no Brasil. Entre 18 as capitais que terão mais uma rodada de eleições, cinco mulheres seguem na disputa de prefeituras. No entanto, todas precisarão virar o jogo, já que saíram atrás de seus oponentes nas urnas.

Em Porto Alegre (RS), a candidata Manuela D’Ávila (PC do B) obteve 29% dos votos e está no 2º turno juntamente com Sebastião Melo (MDB), que teve 31,01%.

Em Aracaju (SE), a Delegada Danielle (Cidadania) vai disputar o segundo turno contra Edvaldo (PDT). Enquanto ela teve 21,31% dos votos, seu oponente obteve 45,57%.

Na capital de Rondônia, Porto Velho, o segundo turno será entre Hildon Chaves (PSDB) e Cristiane Lopes (PP). Hildon saiu na frente, com 34,01% dos votos e candidata do PP ficou com 14,32%.

Marilia Arraes (PT), em Recife (PE), com 27,95% dos votos está com segundo turno contra João Campos (PSB) que obteve 29,17%.

Em Rio Branco, no Acre, o segundo turno será entre Tião Bocalon (PP), que ficou com 49,58%, dos votos, e a prefeita Socorro Neri (PSB), que recebeu 22,68% dos votos.

Continua após a publicidade
Publicidade