São Paulo elege sua primeira deputada estadual transgênera

Erica Malunguinho (PSOL) é a primeira mulher trans a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa Paulista, em 180 anos de existência da Casa

A candidata Erica Malunguinho (PSOL), foi eleita neste domingo (7) deputada estadual por São Paulo. Essa é a primeira vez que uma pessoa transgênera consegue, em 180 anos, conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa Paulista. A candidata obteve mais de 54,4 mil votos com 98,28% das urnas apuradas, se elegendo matematicamente.

Idealizadora da Aparelha Luziaquilombo urbano que fomenta produções artísticas, rodas de conversa, shows e debates com enfoque na população negra -, Erica é pernambucana, mestra em Estética e História da Arte pela Universidade de São Paulo (USP). Além disso, ela também atua na área de Educação.

Propostas de governo

Em seu plano de governo, a agora deputada estadual pretende incentivar o turismo social em quilombos e territórios de origem indígena, para assim fomentar o combate ao racismo. Não deixando de lado a questão transexual, trabalhando para que os direitos dos transexuais sejam colocados em prática.

Além disso, ela também apoia iniciativas que acolhem moradores de rua, defende o atendimento mais humanizado em hospitais e delegacias para mulheres vítimas de violência sexual, e garante também a manutenção do atendimento das mulheres em situação de aborto.

Mais lidas: Mais cor, por favor! 3 mulheres que mudaram o cabelo radicalmente