Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Robinho anuncia saída do Santos após divulgação de escutas telefônicas

A decisão foi compartilhada no Instagram do jogador, que foi condenado pelo crime de estupro

Por Ana Carolina Pinheiro - Atualizado em 16 out 2020, 20h18 - Publicado em 16 out 2020, 19h15

Após divulgação de conversa sobre caso de estupro, o jogador Robinho anunciou nesta sexta-feira (16) a sua saída do time do Santos Futebol Clube. Condenado a nove anos de prisão pela Justiça da Itália pelo crime que aconteceu em 2017, o jogador afirma que a rescisão do contrato foi tomada em conjunto com o presidente da equipe, Orlando Rollo.

No vídeo, Robinho diz: “Com muita tristeza no coração, venho falar para vocês que tomei a decisão, junto com o presidente, de ter a suspensão do meu contrato nesse momento conturbado da minha vida. Meu objetivo sempre foi ajudar o Santos Futebol Clube e se de alguma forma eu estou atrapalhando, é melhor que eu saia e foque nas minhas coisas pessoais. Pros torcedores do Peixão, aquelas pessoas que gostam de mim, com certeza eu vou provar para vocês a minha inocência. Um abraço”.

O time da Vila Belmiro também divulgou uma nota sobre a saída de Robinho. “O Santos Futebol Clube e o atleta Robinho informam que, em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália.”

Na manhã desta sexta-feira, o GE divulgou uma escuta telefônica em que o jogador descreve o que aconteceu na boate no dia do crime. A conversa foi um dos elementos responsáveis pela decisão da Justiça italiana de condenar Robinho em primeira instância.

“Ela se lembra da situação. Ela sabe que todos transaram com ela”, diz Falco. “O (NOME DE AMIGO 1) tenho certeza que gozou dentro dela”, responde Robinho. “Não acredito. Naquele dia ela não conseguia fazer nada, nem mesmo ficar em pé, ela estava realmente fora de si”, completa Falco e o atacante concorda em seguida.

Comparações com Bolsonaro

Em outra conversa do jogador no WhastApp, divulgada pela Folha, Robinho compara a repercussão do seu caso pela Rede Globo com a cobertura política sobre Jair Bolsonaro, como candidato e depois presidente, feita pela emissora. Leia o diálogo abaixo:

“Bebeto, tô em paz, irmão. Como falei, Deus está me preparando para algo muito maior. No deserto, é nesses ataques que você se aproxima de Deus e se prepara. A gente tem N exemplos aí. Você viu o que fizeram com o Bolsonaro antes da eleição? O ataque que fizeram ao cara? Falando que o Bolsonaro era isso e aquilo? Que o Bolsonaro era racista, fascista, que era assassino? E quanto mais eles batiam no Bolsonaro, mais ele crescia. Então estou em paz mesmo, de coração. Não estou preocupado com eles.

O bem sempre vence e a verdade vai aparecer. Os caras aí são pessoas usadas pelo demônio, né? A gente sabe como a TV Globo é uma emissora do demônio. É só você ver as novelas, as programações. Então eu estou em paz. Deus vai dar a vitória. Que se cumpra o propósito de Deus na minha vida. Meter gol neles, ‘tamo junto’. Vou meter uma camisa quando fizer gol: ‘Globo lixo, Bolsonaro tem razão'”.

Continua após a publicidade
Publicidade