Professora adota aluno que a fez pensar em desistir de dar aulas

O irmão mais novo do garoto também entrou para a família

A professora Chelsea Haley tinha 23 anos de idade quando começou a trabalhar para a Teach For America, uma ONG que atua em colégios com pouca verba para promover educação de qualidade. Por lá, conheceu os irmãos Jerome e Jace Robinson, que viviam em uma família extremamente pobre e em crise.

Enquanto o mais velho não era disciplinado, o caçula não conseguia controlar o comportamento explosivo. Foram muitas tentativas de ajuda até que os outros docentes da instituição de ensino concluíram que só a metodologia de Chelsea poderia ajudá-los.

A partir daí, encarou um longo processo em que quase pensou em desistir da profissão tamanho o desafio de instruí-los. Fragilizados e agressivos, era difícil manter o controle.  Mas com carinho e perseverança, a jovem conseguiu cumprir essa missão nos 2 anos que permaneceria na instituição.

A questão é que no fim deste período, ela e Jerome tinham formado um forte laço. Tão intenso, que o diretor da escola sugeriu que ela continuasse por lá para não desampará-lo.

Pouco depois, uma coincidência ainda aconteceu. Chelsea sonhou que Deus dizia a ela que deveria ser mãe de Jerome e, bem no dia seguinte, ele perguntou se poderia morar com ela. Foi o que ela precisava para tomar uma decisão.

No dia seguinte, marcou um encontrou com os irmãos e os familiares, que permitiram que ela se tornasse a guardiã dos alunos e os levasse para viver com ela.