Pai comemora alta de bebê que nasceu após mãe ser baleada

Criança chegou a ficar mais de uma hora sem oxigenação adequada até que a cesariana pudesse ser realizada

Após 23 dias internado, o bebê Antônio, que nasceu depois que a mãe foi baleada na cabeça com oito meses de gestação, recebeu alta do Hospital das Clínicas Mário Leoni, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

A criança chegou a ficar mais de uma hora sem receber oxigenação adequada até que os médicos conseguissem estabilizar a mãe, Michelle Nascimento, 33 anos, para a realização da cesariana.

 (Acervo Pessoal/Reprodução)

Agora, a criança receberá cuidados normais, mas ficará sem visitas nos próximos 45 dias por ser prematura. Em entrevista ao EXTRA, eles comemoraram o “milagre”, em suas palavras.

“Estamos muito felizes e só temos a agradecer a Deus por estarmos aqui”, afirmou a mãe. O pai Wallace Araújo, 34 anos, não conteve a emoção. “Eu não disse a vocês que vocês ainda iriam ter a oportunidade de falar com a própria Michelle, com Antônio no colo?”, finalizou.