Em depoimento, Neymar diz que deu tapas a pedido de Najila

Jogador disse ainda que passa pelo pior momento de sua vida

Neymar depôs na última quinta (13) na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher na Zona Sul de São Paulo. Durante três horas o jogador falou sobre as acusações de estupro e disse que “a verdade aparece cedo ou tarde”.

“O único desejo que eu tenho agora é que esse caso acabe mais rápido possível”, disse. Neymar depôs para a delegada Juliana Bussacos das 15h40 às 18h36.

Bussacos mostrou ao jogador o laudo do exame de corpo de delito indireto feito pelo IML. O exame foi feito a partir do relatório médico particular que Najila Andrade, a modelo que o acusa, entregou à polícia. O documento não atesta se houve estupro, mas indica lesões no corpo da mulher.

Neymar negou que tenha feito sexo sem consentimento, mas confirmou que deu tapas em Najila a pedido dela. Ela teria ainda posado para Neymar mostrando as nádegas.

+ Ex-marido de Najila foi convidado a participar de ‘A Fazenda’

O jogador disse também que bebeu apenas uma dose quando a encontrou pela primeira vez e que ela teria dito que o amava e que queria se casar. “Como ela pode me amar se nem me conhecia direito?”, questionou Neymar à delegada.

Ele negou que tenha feito sexo sem camisinha e que, após usar, jogou o preservativo no vaso sanitário.

Sobre o segundo encontro, o jogador afirmou que Najila o chamou para ir a uma balada, mas passou a agredi-lo e por isso foi embora. Segundo ele, em momento nenhum ela disse ter sido estuprada. Ela dizia que tinha ficado sozinha e que ela não era mulher de ficar sozinha.

Ao fim, o jogador se mostrou abalado e disse que passa pelo pior momento de sua vida e que nenhuma lesão se compara a isso. Falou que tem uma irmã, mãe e um filho de 7 anos, que não pode ir à escola porque os amigos dizem que ele é filho de um estuprador.