Mulheres da música planejam mostrar apoio ao Time’s Up no Grammy

Objeto historicamente simbólico será usado por cantoras no tapete vermelho da cerimônia musical

No domingo (28), acontece a 60ª edição do Grammy Awards, premiação considerada o Oscar da música. Como era de se esperar, as mulheres que irão ao evento se uniram em uma iniciativa para apoiar o movimento Time’s Up. Assim como as convidadas ao Globo de Ouro foram vestidas de preto em apoio às denúncias de assédio e abuso sexual em Hollywood, as mulheres da música combinaram de usar rosas brancas na lapela com o mesmo objetivo.

O ato faz referência às flores usadas pelas mulheres do movimento sufragista em seus protestos. A movimentação para organizar a iniciativa foi feita por Meg Harkins, Vice-Presidente Sênior da gravadora Roc Nation, e Karen Rait, executiva do grupo de gravadoras Interscope Geffen A&M, informa a Billboard. As cantoras Halsey, Rapsody, Kelly Clarkson, Cyndi Lauper, Dua Lipa e Rita Ora já confirmaram que participarão do movimento.

“É muito importante mantermos a mensagem delas [mulheres do Time’s Up]”, disse Karen. “O trabalho que elas conseguiram fazer em apenas três semanas é inspirador”.

Meg reforçou a importância desse tipo de ação: “Precisamos dizer que se alguém está sentindo discriminado e não se sente seguro em seu local de trabalho, existem pessoas que o apoiarão”.