Mulher morre esfaqueada pelo ex-marido em São Paulo

Filha da vítima também sofreu ferimentos graves ao tentar defender a mãe

Uma mulher foi morta pelo ex-marido na manhã desta quinta-feira (7) em Mogi Mirim (SP). A cozinheira Genezia Maria de Souza, de 42 anos, sofreu golpes de facão no rosto, enquanto sua filha de 24 anos perdeu uma das mãos ao tentar defendê-la. As duas foram encaminhadas para a Santa Casa de Mogi Mirim, onde Genezia veio a óbito. A jovem permanece internada.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

O principal suspeito é Juarez Ferreira, 54 anos, ex-companheiro da cozinheira. Na noite de ontem (6), ele foi até a residência em que as mulheres moravam na noite de ontem (6), onde as atacou. Em seguida, fugiu em um carro branco, sendo que não foi localizado até o momento.

 (EPTV/Reprodução)

Com um filho de um ano e meio, o casal estava separado há um mês. Indignados, vizinhos do suspeito tentaram incendiar a casa onde ele mora, mas o fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros.

Foi a primeira vez que eu vejo isso. Faz um ano e meio que eu moro aqui e nunca tinha visto nada. Ele morava aqui, chegava, vinha conversar, tudo normal” declarou um vizinho que preferiu não se identificar ao G1.

O caso será registrado como feminicídio no Plantão Policial do município.

Leia também: Feminicídios aumentam em São Paulo, segundo estudo

+ Mulher descobre aos 46 anos que seu pai é, na verdade, seu sequestrador

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?