Mulher é sequestrada e estuprada por falso policial

Homem mostrou um distintivo para convencê-la a abrir a porta do veículo

Uma mulher foi abordada na saída de um supermercado na rua Augusta, centro da capital paulista, por um homem que se passava por policial. Ele mostrou a ela um falso distintivo e, com essa narrativa, acabou convencendo-a de abrir a porta do carro. O bandido, então, rendeu a vítima e circulou no veículo com ela por mais de três horas, além de obrigá-la a sacar 3 mil reais e estuprá-la.

O caso está sob responsabilidade do delegado Marco Antônio de Paula Santos, da seccional da região do Centro. Segundo ele afirmou ao Estadão, as investigações estão avançadas e os detalhes não podem ser compartilhados para não atrapalhar na captura dos criminosos.

Desde que mensagens contando o episódio começaram a circular nas redes sociais, mais mulheres relataram abordagens mal sucedidas de um suposto policial. Esses casos, entretanto, não chegaram às autoridades.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s