Mulher é assassinada pelo namorado com facada no pescoço

Uma suposta chantagem teria motivado o crime

Uma jovem foi morta com uma facada no pescoço no último sábado (17) em Itajaí, Santa Catarina. Patrícia Segobio, de 25 anos, estava em um carro com Francisco Helder Almeida Barbosa, com quem mantinha uma relação extraconjugal, quando ele a atacou e feriu.

Veja o que está bombando nas redes sociais

Em seguida o acusado dirigiu até uma base da Polícia Militar com a jovem ferida e se entregou. Patrícia foi encontrada seminua, com marcas do esfaqueamento e sem vida no banco do carona do carro. No veículo também estava a faca usada para matá-la.

Uma suposta chantagem de Patrícia teria motivado o crime. Ambos eram casados e ela estaria ameaçando contar sobre o relacionamento para a esposa de Francisco.

Segundo informações do delegado responsável pelo caso, Adriano Spolaor, o autor do crime passou mal durante o depoimento, foi socorrido e levado a um hospital. Antes, porém, conseguiu dizer que o crime havia sido premeditado.

“Ele começou a passar mal quando chegou à delegacia, dizendo que tinha bebido veneno e precisava de um médico. Na hora ele deitou no chão e começou a delirar. Nós chamamos o SAMU e foi constatado que ele havia ingerido veneno como tentativa de suicídio”, disse Spolaor ao UOL.

Ainda em estado grave, o acusado está sob custódia policial. Após sua alta, ele deve receber ordem de prisão preventiva por feminicídio e ser encaminhando para um presídio. Se condenado, sua pena pode variar entre 12 e 30 anos.

O Brasil é o quinto país no ranking de feminicídios no mundo. Em CLAUDIA, foram publicados mais de 40 casos de feminicídio ou tentativa desde o início deste ano, em todo o país.

Denuncie a violência contra a mulher. Ligue 180.

Leia também: Mulher foi estuprada em 1983; este ano, DNA ajudou a prender o criminoso

+ Após 18 denúncias, mulher é morta a facadas pelo ex-namorado

PODCAST De onde tirar forças para enfrentar a dor