Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Morre Rodrigo Rodrigues por complicações da Covid-19

Jornalista foi internado no sábado (25) com uma trombose venosa cerebral e teve morte cerebral confirmada hoje (28)

Por Da Redação - Atualizado em 28 jul 2020, 13h13 - Publicado em 28 jul 2020, 12h27

O apresentador e jornalista do SporTV,  Rodrigo Rodrigues, teve morte cerebral confirmada na manhã dessa terça (28). Ele tinha 45 anos.

Rodrigo estava internado no CTI do hospital Unimed-Rio desde sábado (25), com trombose venosa cerebral. Há cerca de 15 dias, o apresentador foi diagnosticado com Covid-19 e, desde então, estava em casa, afastado do trabalho. Ele deu entrada na emergência depois de ter apresentado dor de cabeça, vômito e desorientação. O vírus pode ter contribuído para a trombose e o apresentador chegou a passar por uma intervenção cirúrgica para diminuir a pressão intracraniana causada pelo acúmulo de sangue no cérebro. Desde a operação, estava em coma induzido.

Em seu último post no Instagram, o apresentador brincou com a data de 14 de julho, a queda da Bastilha.  “Há 231 anos rolava a “queda da bastilha” em Paris. No lugar da antiga prisão ficou uma praça que de praça não tem nada e a coluna de julho, que também não tem nada a ver com a revolução de 1789. Pra coisa ficar ainda mais aleatória, adivinha quem martelou o primeiro tijolo da construção? D. Pedro I, ça va?”, brincou.

Rodrigo, que era músico e guitarrista da banda The Soundtrackers, escrevia sobre música também e estava no SporTV desde 2019, onde apresentava o programa Troca de Passes.

Continua após a publicidade

Em nota, o Grupo  Globo confirmou a morte “em função das complicações da Covid-19”. Ainda segundo a Globo, Rodrigo trabalhou até o dia 09 de julho, quando relatou que um amigo com quem teve contato tinha acabado de testar positivo para a Covid-19. No dia 13, ele fez o teste que confirmou o resultado positivo. O apresentador só tinha apresentado os sintomas de perder o paladar e olfato, mas passava bem. A situação mudou no sábado.

A Globo está prestando assistência à família e amigos do apresentador. “Lamentamos a sua partida tão prematura e a ausência de seu bom humor em nosso dia a dia”, diz a nota.

Publicidade