Marca lança camisinha que só pode ser aberta por duas pessoas

Ideia surgiu após uma pesquisa revelar que menos de 15% dos homens argentinos têm o hábito de usar camisinha durante o sexo

“Se não te disse que sim, então é não”. Estes são os dizeres escritos em um dos versos da caixa do preservativo lançado pela marca argentina ‘Tulipán’. A embalagem de design arrojado traz uma novidade peculiar, só podendo ser aberta à quatro mãos.

O lançamento foi anunciado após a divulgação de uma pesquisa realizada pela AHF Argentina, uma organização dedicada à luta pela causa dos portadores de HIV no país.

Alarmantes, os resultados da pesquisa indicaram que apenas 14,5% dos homens têm o hábito de usar camisinha durante o sexo, enquanto 65% alegaram uso ocasional. Ainda mais chocante, 20% dos homens consultados afirmaram nunca ter usado preservativo.

“Tulipán sempre defendeu o prazer de forma segura, mas para essa campanha nós entendemos que precisávamos falar sobre a coisa mais importante em toda relação sexual – prazer é possível apenas com o consenso de ambos”, explicou Joaquin Campos, diretor geral da agência BBDO, que esteve diretamente envolvida na produção da embalagem.

Nas redes sociais, as reações à novidade variaram entre os que se mostraram céticos quanto a eficácia do produto no combate aos estupros e os que julgavam que a discussão é mais profunda do que aparenta.

“Se alguém não liga para consentimento, ele provavelmente também não liga para camisinhas…”

“É uma ideia interessante a respeito do consentimento, mas esses (já que eu não vi nada em sua propaganda dizendo que é um mecanismo antiestupro) que estão agindo como se isso prevenisse estupros parecem superestimar a humanidade de quem consideraria estuprar outra pessoa.

A marca planeja distribuir as camisinhas gratuitamente em bares e eventos de Buenos Aires.

Leia também: Câmera flagra momento em que motoqueiro apalpa seio de mulher

Siga CLAUDIA no Youtube