CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Jovens humilham funcionário de lanchonete: “Limpa o chão, lambe o chão”

Jullia Rodrigues e Thais Araújo ridicularizam o rapaz, mas negam racismo

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2020, 10h17 - Publicado em 3 abr 2019, 11h50

Duas garotas gravaram um vídeo em que xingam e humilham o funcionário de uma lanchonete. Nas imagens, enquanto ele trabalha, elas ordenam: “Limpa o chão, fo****. Limpa o chão. Lambe o chão”. Elas foram identificadas como Jullia Rodrigues e Thais Araújo. O caso aconteceu no Rio de Janeiro.

Após as imagens viralizarem na internet, as jovens foram acusadas de racismo. Uma delas disse não ser racista pois namorou com o rapaz por seis anos.

“Ele sabe que não sou racista. Ele está ciente disso. O mesmo sabe que eu sempre lutei contra isso. Qualquer coisinha eu já fazia um “auê”. Eu realmente tomei decisões naquele dia que não foram legais, atitudes horríveis. Por isso estou pedindo desculpas a ele, estou pedindo desculpas para quem se ofendeu, para quem está tomando as dores”, disse em texto.

A amiga também negou qualquer racismo na atitude, mas voltou a ofender o rapaz e fez um comentário racista. “Não é porque ele é preto não, porque tem uns pretos bonitinhos. Mas ele é um preto feio, horroroso.”

Em nota, o Bob’s disse repudiar “qualquer tipo de discriminação ou assédio e lamenta que cenas como essa, até hoje, ainda sejam vistas nas relações entre pessoas”. A empresa afirma ainda que “o funcionário segue trabalhando normalmente na empresa, sendo inverídicas as declarações de desligamento dele. Para preservar sua privacidade, o Bob’s não divulga o local do ocorrido, mas está à disposição para qualquer esclarecimento na apuração dos fatos.”

Continua após a publicidade

Publicidade