Jovem tem rosto queimado por soda cáustica jogada por ex-marido

Filho de dois anos estava no local

Uma jovem de 19 anos teve o rosto queimado por soda cáustica e está em estado gravíssimo e respira com a ajuda de aparelhos, no Recife. Segundo a polícia, o ex-companheiro da vítima, com a ajuda de um amigo, jogou no rosto da substância corrosiva usada para, por exemplo, desentupir esgotos.

Mayara Estefanny Araújo trabalha como atendente em uma rede de fast food e a agressão aconteceu na saída da casa onde ela mora com o filho de 2 anos. A jovem foi atingida no rosto, no tórax e nas mãos pela soda cáustica e teve 35% do corpo queimado. Segundo a irmã da vítima, o hospital informou à família que Mayara tem 90% de chance de perder a visão dos dois olhos.

Leia também: Jovem morre após tomar whey protein

De acordo com a polícia, o responsável é um homem de 27 anos que viveu com Mayara por quatro anos. Eles estavam separados há três meses e a jovem tinha, desde janeiro deste ano, uma medida protetiva para que o ex-companheiro não se aproximasse dela. Na noite desta sexta-feira (5), a delegada Bruna Falcão informou que, em 19 dias, Mayara Estefanny Araújo foi à polícia em três ocasiões para denunciar William César dos Santos Júnior, que foi preso nesta terça (9) e disse que só queria dar um susto.

BURNOUT: Izabella Camargo participa do podcast “Senta Lá, CLAUDIA” e conta sua história