Jovem homenageia pai morto em guerra com fotos tocantes

Julia Yllescas perdeu seu pai quando tinha apenas 7 anos

Julia Yllescas, de 18 anos, perdeu seu pai quando ainda era criança. Robert Yllescas era capitão do exército e nunca voltou para sua casa depois de ser enviado a uma missão no Afeganistão quando Julia tinha apenas sete anos. “Tem sido extremamente difícil crescer sem meu pai. Fica mais difícil a cada ano”, contou ela à CNN americana.

Como está em seu último ano no Ensino Médio, em Aurora, Nebraska, nos Estados Unidos, Julia foi fotografada por Susanne Beckmann, que, para presentear a jovem em um momento tão importante de sua vida, fez edições digitais para que Robert aparecesse ao lado de sua filha, de forma espiritual.

Julia Yllescas Julia Yllescas perdeu seu pai quando tinha apenas 7 anos

Julia Yllescas perdeu seu pai quando tinha apenas 7 anos (Susanne Beckmann/Facebook/Reprodução)

Seu pai foi ferido por um explosivo improvisado durante sua missão no Afeganistão, em 2008. Ele chegou a ser tratado no Centro Médico Naval Nacional, em Maryland, estado norte-americano, mas faleceu um mês depois.

Onze anos após o acontecimento, Julia ainda sente a dor da perda. “É absolutamente sufocante”, diz ela. Seu pai não esteve presente em momentos importantes de sua vida, como seu primeiro término de relacionamento, suas performances como líder de torcida e como membro do coral da escola.

Ao ser perguntada o que ela faria se pudesse ver seu pai novamente, ela responde: “Eu perguntaria se ele está orgulhoso de mim.”

Veja o que está bombando nas redes sociais

Beckmann compartilhou as imagens em seu Facebook e, imediatamente, elas viralizaram na rede. “Era para ser apenas algo especial que eu estava fazendo para uma das minhas clientes”, contou a fotógrafa também à CNN. “Eu nunca vi uma reação como essa às minhas fotos.” Desde então, ela tem recebido pedidos especiais de famílias que desejam uma montagem parecida.

A história de Robert foi contada no livro ‘The Outpost: An Untold Story of American Valor‘ (Uma história não contada da valentia americana, em português) do jornalista Jake Tapper. A trama receberá uma adaptação cinematográfica, que deve ser lançada ainda neste ano.

Leia também: Mulher vai ao hospital achando que tem pedra nos rins e sai com trigêmeos

+ Mãe completa maratona empurrando carrinho com os três filhos

PODCAST De onde tirar forças para enfrentar a dor