Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Jake Gyllenhaal é a estrela de duas estreias de setembro

Ele não tem medo de se transformar por seus personagens. Ele já perdeu e agora ganhou mais de 10 quilos. Neste mês, tem estreia dupla

Por Mariane Morisawa (colaboradora)
Atualizado em 28 out 2016, 04h04 - Publicado em 9 set 2015, 15h14

Com 1,82 metro de altura, grandes olhos azuis e sorriso de garoto, Jake Gyllenhaal tinha tudo para ser apenas mais um galã de Hollywood. Mas o californiano, de 34 anos, que estourou como um dos cowboys de O Segredo de Brokeback Mountain (2005), está mais interessado em desafios. Para isso, não hesita em transformar o corpo, normalmente atlético. Primeiro, emagreceu 13 quilos e ficou pele, osso e olheiras para fazer O Abutre (2014). Em seguida, recuperou o peso e ganhou outros 6 quilos de músculo treinando seis horas por dia para interpretar um boxeador em Nocaute, que estreia por aqui no próximo dia 10. No longa, seu Billy Hope precisa superar o luto pela perda da mulher, Maureen (Rachel McAdams), para voltar aos ringues e recuperar a filha. Uma semana depois, outra estreia, dessa vez, Evereste, sobre uma famosa expedição de 1996 que foi atingida por uma tempestade de neve.

Getty Images
Getty Images ()

Jake, filho de cineastas e irmão caçula da atriz Maggie Gyllenhaal, de Batman, entre outros, conversou com CLAUDIA, em Los Angeles:

O que está por trás das alterações físicas radicais para seus papéis?

A dor faz parte da mudança. Não diria que gosto, mas reconheço que normalmente é algo importante na nossa evolução. Nem sempre a dor é algo ruim.

Em Nocaute, seu personagem se reinventa. Já sentiu essa necessidade?

Sim, artisticamente. Teve mais a ver com seguir meus instintos, fazer coisas em que acredito, contar histórias que me interessam. Houve momentos em que vi que não estava fazendo isso e mudei.

 

 

Sua irmã, Maggie, também é atriz. O que vocês têm em comum?

Somos muito diferentes. Para começar, ela é mulher, o que no cinema faz toda a diferença. É muito difícil para uma mulher ser bem-sucedida nessa indústria. A posição que conquistou é fruto de seu talento.

Continua após a publicidade

Você já falou que tem vontade de ter filhos. Que tipo de pai acredita que vai ser?

Não posso falar, vai que daqui a alguns anos meus filhos leiam esse texto! Aprendi que as crianças prestam atenção em tudo; então você precisa ser um modelo. Sou muito disciplinado, mas também, espero, bondoso e amoroso. É assim que pretendo ser com meus filhos se eu tiver sorte o bastante de ter algum.

Fique por dentro das estreias de Jake! “Nocaute”, na sexta, 10/09 e “Everest”, na quinta, 24/09.

Divulgação
Divulgação ()

Divulgação
Divulgação ()

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.