Idosa de 81 anos morre após ser espancada durante assalto

Raimunda Ferreira Lima não resistiu aos ferimentos

Raimunda Ferreira Lima, de 81 anos, morreu na última terça (23) no Hospital Macrorregional de Coroatá, a 260 km de São Luís, no Maranhão. Bandidos invadiram a residência dela e do marido, Raimundo Alves da Silva, de 64 anos, no dia 15 de abril. Como os assaltantes não acharam o dinheiro da aposentadoria do casal, eles a espancaram. 

Raimundo também apanhou com socos e pontapés por vários minutos seguidos. A agressão só parou quando os criminosos perceberam a chegada de vizinhos

A idosa ficou internada durante sete dias, mas não resistiu aos ferimentos. Raimundo está estável e não corre risco de morrer. Dois suspeitos de cometer o crime estão presos, um deles é menor de idade.