CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Por conta de novas acusações, Weinstein será transferido para LA

A pena de 23 anos do ex-produtor pelos casos de estupro e agressões sexuais ainda pode chegar a até 140 anos de prisão

Por Da Redação Atualizado em 16 jun 2021, 20h39 - Publicado em 16 jun 2021, 18h36

Harvey Weinstein enfrenta uma nova etapa no julgamento pelas acusações de agressão sexual e assédio. O ex-produtor de cinema, que já foi julgado anteriormente pelo mesmo crime e pegou 23 anos de prisão, é acusado por mais cinco mulheres em Los Angeles.

Atualmente, ele cumpre a pena em Nova York, mas em breve será transferido para Los Angeles, como ordenou a Justiça nesta terça-feira (15). Um porta-voz do promotor disse que há a possibilidade de que a viagem seja feita entre o fim de junho e começo de julho.

A defesa de Weinstein usou motivos médicos para que a transferência não ocorresse. Mesmos com esses argumentos, o juiz Kenneth Case decretou a mudança de local e solicitou uma audiência privada com o réu.

Weinstein pode ver sua pena aumentar para 140 anos, caso seja condenado culpa no próximo julgamento. Em todas as acusações, o ex-produtor se declarou como inocente e disse que todas relações foram consentidas. Até o momento 90 mulheres o acusaram por assédio ou agressão sexual.

Em abril deste ano, Harvey recorreu contra sentença do crime de estupro e agressão sexual, recebida no começo do ano passado, em Nova York.

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade