Fotos e vídeos mostram casal transando em topo de pirâmide no Egito

O ato enfureceu as autoridades do país

Um casal escalou uma das três pirâmides de Gizé, no Egito, e foi filmado fazendo sexo. O vídeo foi divulgado nas redes sociais. O ato irritou as autoridades do país, que pediram à Promotoria Geral que investigue o caso. Khaled al Anani, ministro de Antiguidades, quer que “sejam tomadas as medidas necessárias” pelo vídeo que “atenta contra a moral”. 

Segundo o comunicado, o casal teria escalado as pirâmides durante o período noturno. O homem foi identificado como Andreas Hvid, um fotógrafo dinamarquês. Ele é especializado em fazer fotos de picos altos pelo mundo. A mulher seria Josephine Sarah. 

Fotos e vídeos divulgados por ele mostram o momento em que ambos estão nus praticando sexo no topo da pirâmide. Ele removeu os arquivos, mas as mídias começaram a circular pelas redes sociais. Há apenas uma imagem em seu site.

 Ashraf Mohi, diretor de Gizé, disse que o primeiro passo na investigação será determinar se a filmagem é real. As penalidades variam e podem ser mais duras se houve algum dano à pirâmide. Hvid não foi preso e ainda não está claro qual punição, se houver, ele poderá enfrentar. O Egito é um país predominantemente conservador e de maioria muçulmana, o que pode pesar no julgamento.

O dinamarquês e sua companheira não são os primeiros a quebrar as regras egípcias. Um adolescente alemão foi preso depois de escalar a pirâmide sem a permissão das autoridades em 2016. 

+ Mãe denuncia preconceito sofrido por filha deficiente e post viraliza

+ Pai forçou filho de 11 anos a fazer sexo com madrasta para ‘não virar gay’

Siga CLAUDIA no Instagram