Estupro e ataque sexual: Harvey Weinstein é condenado

O ex-produtor de Hollywood foi acusado de assédio por dezenas de mulheres

Após cinco dias de audiências, o ex-produtor de cinema Harvey Weinstein foi condenado por ataque sexual e estupro, nesta segunda-feira (24). Com uma pena que pode passar os 25 anos de prisão, Weinstein foi considerado culpado por praticar sexo oral em uma assistente de produção do programa Project Runaway e pelo estupro de uma cabeleireira. 

Porém, o veredicto não deu aos promotores uma vitória total. Com um júri formado por sete homens e cinco mulheres, Weinstein foi inocentado da principal acusação de agressão sexual predatória, que poderia condená-lo à prisão perpétua.

Durante o julgamento, 28 testemunhas foram chamadas pelos promotores para relatar suas experiências com o ex-produtor. “Ao réu, foi dito que ele era o mestre de seu universo e que as vítimas eram meramente formigas nas quais ele poderia pisar sem consequências”, disse Joan Illuzzi-Orbon, advogada de acusação, em suas declarações finais.

Miriam Haleyi, assistente do Project Runaway, testemunhou dizendo que Weinstein a convidou para seu apartamento, onde a segurou e fez sexo oral nela contra a sua vontade, em 2006. A atriz Annabella Sciorra afirmou que o ex-produtor invadiu seu apartamento, segurou-a pelos pulsos e a estuprou, entre 1993 e 1994.

Harvey Weinstein chegando ao tribunal, em Nova York

Harvey Weinstein chegando ao tribunal, em Nova York (Kena Betancur/Freelancer/Getty Images)

As advogadas de defesa Donna Rotunno e Damon Cheronis disseram que as acusadoras fizeram sexo consensual com Weinstein e que mais tarde teriam se arrependido, tendo rotulado o caso como estupro. “A ironia é que as acusadoras, neste caso, são as produtoras e estão escrevendo um roteiro. Na história, elas criaram um universo que exime mulheres adultas de bom senso, autonomia e responsabilidade”, disse Rotunno.

Na semana passada, a tensão durante a audiência gerou um embate entre as advogadas defesa e acusação. Donna Rotunno acusou oficialmente a promotora Gloria Allred de estar criando constrangimentos ao divulgar fatos pessoais da vida dela (Rotunno) para distrair os jurados. Em um bate-boca acalorado, na sexta (21), Rotunno precisou ser afastada, segundo reportou o site PageSix

%d blogueiros gostam disto: