Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Espanholas convocam greve feminista no Dia da Mulher

A mobilização começou na Espanha e deve repercutir em 177 países

Por Da Redação - Atualizado em 16 ago 2018, 16h40 - Publicado em 8 mar 2018, 01h10

Hoje (8), Dia Internacional da Mulher, a Espanha será palco de uma greve de mulheres. Além de não irem ao trabalho, as mulheres são convidadas a não assumirem os cuidados domésticos e não fazerem compras. A iniciativa é da Comissão de 8M, uma plataforma de organizações feministas da Espanha. A mobilização que começou na Espanha deve refletir em 177 países.

Ano passado, na mesma data, coletivos feministas convocaram uma greve de 24 horas na Espanha, mas não tiveram apoio sindical.  Os sindicatos fizeram apenas paradas curtas de 15 minutos. Dessa vez, a Confederação Geral do Trabalho (CGT) já apresentou o aviso de greve, abrangendo o dia inteiro.  Porém, a chamada à greve é generalizada. A União Geral dos Trabalhadores (UGT), sindicato operário espanhol, aderiu somente a paradas de duas horas por turno.

No Brasil,  há eventos marcados em ao menos 50 cidades.  As mulheres estão se articulando pelas redes sociais e a página que reúne os movimentos  que acontecerão no Brasil tem quase 25 mil seguidores.

Leia mais: Ambição não é feio e é coisa de mulher, afirma Ana Paula Padrão

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade